Professora alemã, durante o ano, ensinou o idioma e promoveu a cultura do país no campus de Irati

0
113

Professora alemã, durante o ano, ensinou o idioma e promoveu a cultura do país no campus de IratiPublicado 15 de dezembro de 2016 | Por ariane

Desde o início do ano, o campus de Irati conta com a presença da professora alemã Nina Kingerski. A Unicentro participou de um edital e concorreu com várias universidades brasileiras para receber um bolsista de um programa do governo da Alemanha. Nina foi a escolhida para ficar aqui durante esse ano com o objetivo de promover a cultura alemã e, agora, sua estadia em Irati está chegando ao fim.

No último semestre, Nina ministrou aulas de Alemão I e Alemão II no CEL (Foto: Marina Lukavy)

“Como para qualquer pessoa que vai para o estrangeiro, nem sempre tem essa fase de adaptação, que pode demorar bastante. Para mim, no início até era difícil achar meu lugar aqui na universidade e minha própria rotina do dia a dia. Mas, agora, me sinto bem em casa, e gosto do que estou fazendo”, conta a alemã.
Nina é professora de Inglês e Espanhol, mas nas aulas que ministra junto ao Centro de Línguas (CEL) e nas oficinas que promove no campus, ela surpreende com seu português. Esta é a segunda vez que vem ao Brasil. “Fiz intercâmbio para Florianópolis em 2004 e 2005, via Rotary, e fiz o segundo grau. Morei com uma família brasileira e, como ninguém sabia falar inglês, tive que aprender rapidinho”.
Outra atividade desenvolvida pela professora no campus é o Clube de Conversação de Alemão. Nele, os participantes que já tem um bom conhecimento sobre a língua podem praticar o idioma. A aluna do doutorado em Ciências Florestais, Jocasta Lerner é uma das integrantes e afirma que além de ter interesses profissionais na Alemanha, conhecida como o berço da Engenharia Florestal, é descendente de alemães.

Ao longo do ano, professora também ministrou diferentes oficinas sobre a cultura alemã (Foto: Marina Lukavy)

“Eu já fiz um curso e meu pai também ensinou um pouco, só que ele fala um dialeto. Então, é um tanto complicado de praticar alemão com ele. Gosto da língua alemã e mesmo com dificuldade continuo tentando. A oportunidade de ter a Nina aqui é muito gratificante, porque ela traz a realidade. Não é alguém que teve alguns meses de vivência, é alguém que realmente é de lá e sabe em maior riqueza de detalhes a cultura do país”, destaca Jocasta.
Já o diretor do campus Irati, professor Afonso Figueiredo Filho lembra que o curso de Engenharia Florestal, do qual faz parte do corpo docente, possui um convênio bastante ativo com a Universidade de Rottemburg, da Alemanha. Para ele, a professora Nina tem dado uma contribuição valiosa no ensino da língua e da cultura alemãs para acadêmicos e professores.
“Aqui na Unicentro, nos últimos anos, temos investido muito em intercâmbios e projetos de cooperação internacionais. E a presença da Nina aqui no campus faz com que desperte nos nossos alunos e professores a possibilidade de ir conhecer pessoalmente a Alemanha ,que é um país magnífico em todos os aspectos”, ressalta. Postado em noticiasFonte: Unicentro

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome