Docente da Argentina visita a Unicentro

0
81

Docente da Argentina visita a UnicentroPublicado 19 de novembro de 2015 | Por coorc O intercâmbio foi promovido pela rede Zicosur Universidades, da qual a Unicentro faz parte.

O intercâmbio foi promovido pela rede Zicosur Universidades, da qual a Unicentro faz parte.

Na última semana, a Unicentro recebeu a visita do professor argentino Marcelo Brunet, que é docente da Universidade Nacional de Jujuy, através de um intercâmbio de curta duração promovido pela rede Zicosur Universidades. O plano de ações do professor na Unicentro contou com aulas para os alunos de graduação em Comunicação e do mestrado em Letras.

A mestranda Sirlei Fontoura acompanhou a palestra e conta o principal assunto abordado pelo argentino. “A aula com o professor Marcelo hoje foi bastante interessante, ele trouxe muitas novidades, falamos sobre tecnologia, uma coisa que a gente não pode ficar fora, principalmente quando se fala de livro, quando se fala da questão educacional”, explica.

Luãn Chagas também é mestrando, só que estuda na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), mesmo assim, ele veio participar da palestra e aproveitou para ressaltar a riqueza das discussões propostas pelo docente intercambista. “Nós aqui temos o nosso lado, nosso estilo de pensar algumas coisas, mas a troca desse intercâmbio de informações que vem da Argentina é um dos momentos mais ricos. Nesse sentido de você agregar mais informações, agregar mais conhecimentos, criar mais opções, proporcionar melhores discussões sobre mercados editoriais, como é o caso aqui”, argumenta.

Além das aulas no mestrado, o professor Marcelo também ministrou um curso específico para os alunos da graduação em comunicação. Roger Ongaratto, do último ano do curso de Publicidade e Propaganda, acredita que essa troca de experiências é fundamental dentro de universidade. “Ele tem experiências de outro país, ele tem vivências com outra cultura, eu acho interessante que ele passe isso para gente e também a gente pode fazer um paralelo com o que a gente já aprendeu, além de relembrar algumas coisas da graduação e trazer uns teóricos novos que ele estava passando ali”, conta.

Para Brunet, o intercâmbio universitário é um aprendizado com via de mão dupla, pois ele veio disposto a aprender junto com os alunos e professores da Unicentro. “Considero que o intercâmbio é produtivo a nível pessoal, porque para mim a docência, o professorado, é um processo de aprendizagem. Não venho com pretensão de ensinar, mas venho com pretensão de aprender. Com isso o processo tende a ser melhor para mim e entendo que também para os estudantes”, ressalta o docente.

A troca de conhecimento entre acadêmicos e professores da Unicentro com universidades da América Latina vem sendo estimulada pela prioridade dada a internacionalização. O coordenador institucional do Zicosur, professor Márcio Fernandes, argumenta que manter relações com os países vizinhos significa estabelecer uma troca cultural natural. “É importante nós nos mantermos muito próximos de quem nos é próximo culturalmente e geograficamente, que é o caso da América Latina. Então é bastante natural esse relacionamento forte com a Argentina e a vinda do professor Marcelo Brunet essa semana, lá do norte argentino é mais uma materialização disso”, finaliza.

Através do Zicosur, intercâmbios entre as universidades da América Latina são estimulados com mais frequência. Depois que o professor Marcelo voltar para a Argentina, será a vez de um acadêmico e um professor da Unicentro, que já foram selecionados, visitarem a Universidade Nacional de Jujuy. Já está previsto para o primeiro semestre de 2016, entre março e abril, outro intercâmbio docente com destino a Argentina, mas dessa vez para a Universidade Nacional de Chilecito.

Fonte: Unicentro – Coorc

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome