EUA não descartam pista terrorista na chacina de San Bernardino

0
40

Dois dias após o massacre de San Bernardino, no estado da Califórnia, os investigadores norte-americanos tentam descobrir as motivações dos dois agressores, Syed Farook, de 28 anos, e sua esposa, Tashfeen Malik, de 27 anos. Embora o ataque não tenha sido classificado como um ato terrorista pelo FBI, a hipótese ainda não foi excluída. Um verdadeiro arsenal de guerra foi encontrado na residência do casal.

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome