PMA alimenta 100 mil iraquianos com intensificação de combates em Mossul

0
75

14/11/2016

PMA alimenta 100 mil iraquianos com intensificação de combates em Mossul

Ouvir /

No domingo, Programa Mundial de Alimentos forneceu assistência a mais de 25 mil pessoas em Gogjali, o primeiro bairro retomado dentro da cidade; agência da ONU também ajuda famílias que permanecem sitiadas em Mossul.

Família deslocada pelos combates no vilarejo de Shora, a 25 quilômetros de Mosul. Foto: Acnur/Ivor Prickett

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA forneceu assistência alimentar urgente a mais de 100 mil pessoas que fogem do conflito na cidade iraquiana de Mossul.

A segunda maior capital do país está sob controle do grupo terrorista Daesh, também conhecido como Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil, desde 2014.

Segurança

O apoio do PMA é destinado a mais de 25 mil pessoas em Gogjali, o primeiro bairro retomado dentro da cidade de Mossul.

Além desta ajuda, a agência e seus parceiros estão trabalhando sem parar para chegar a famílias que permanecem sitiadas.

Enquanto muitos buscaram segurança em campos recém-abertos, milhares de famílias permanecem em suas casas ou estão em comunidades próximas.

Comida

A diretora do PMA no Iraque, Sally Haydock, afirmou que a agência está fornecendo comida a pessoas que precisam.

Ela defendeu o dever de garantir que o alimento não seja mais uma fonte de preocupação para essas famílias que já enfrentam um momento difícil.

O PMA atualmente tem estoques suficientes para fornecer comida para para 2,1 milhão de pessoas por três dias e quase 500 mil porções suficientes para 2,5 milhões de pessoas por um mês.

Mais de 3 milhões de iraquianos foram deslocados pelo conflito desde meados de junho de 2014. Como resposta, o PMA forneceu assistência alimentar a mais de 1 milhão de iraquianos desalojados em todas as 18 províncias.

Leia e Ouça:

ONU alerta para uso de armas químicas pelo Isil em Mossul

Califado do Isil no Iraque “está desmoronando”

Unicef: 9,7 mil crianças desalojadas desde início da operação em Mossul

Compartilhe

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome