ONU precisa de mais dinheiro para operações humanitárias

0
26

18/11/2016

ONU precisa de mais dinheiro para operações humanitárias

Ouvir /

Agência de refugiados afirmou que houve um aumento do número de pessoas fugindo de Mossul por causa dos conflitos; 40 mil deixaram a região somente neste mês, metade delas crianças.

Deslocados internos em Qayyara, perto de Mosul, recebem itens de assistência da OIM. Foto: OIM

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A agência da ONU para Refugiados, Acnur, afirmou esta sexta-feira que precisa de financiamento contínuo para cobrir as operações humanitárias para os deslocados internos em Mossul, no Iraque.

Forças do governo iraquiano estão lutando na região para expulsar os terroristas do grupo autodenominado Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil.

Campanha Militar

Em Genebra, o porta-voz da agência, Adrian Edwards, disse que houve uma "alta significativa no número de pessoas fugindo da cidade depois que os confrontos aumentaram nas áreas urbanas mais densamente povoadas".

Edwards declarou que 60 mil pessoas fugiram de suas casas desde o início da campanha militar em 17 de outubro, sendo que somente neste mês, foram 40 mil, metade delas crianças.

Falando sobre a necessidade de novos fundos com a aproximação do inverno na região, o porta-voz citou a "necessidade de se redobrar os esforços para alcançar os deslocados pelo conflito, muitos deles vivendo em condições precárias".

Acampamentos

Atualmente, o Acnur tem seis acampamentos abertos na região abrigando mais de 14 mil deslocados. A capacidade total desses locais é de mais de 54 mil pessoas.

A agência disse que três acampamentos estão sendo construídos e um outro está ainda na fase de planejamento. No total, os 10 acampamentos vão ter condições de abrigar mais de 100 mil pessoas quando estiverem em funcionamento.

O Acnur pediu a todos os lados do conflito que respeitem os direitos e a vida dos civis e enfatizou a importância da liberdade de movimento em Mossul.

Segundo Edwards, "a população civil não pode ser impedida de deixar a cidade e de ter acesso às áreas mais seguras".

Leia Mais:

Aumento da ofensiva à cidade iraquinana de Mossul completa um mês

PMA alimenta 100 mil iraquianos com intensificação de combates em Mossul

ONU alerta para uso de armas químicas pelo Isil em Mossul

Compartilhe

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome