Missão na República Centro-Africana saúda libertação de reféns dos Camarões

0
59

Ouvir /

Em nota, Minusca felicitou 11 pessoas que estavam em cativeiro há dois anos; eles foram mantidos pela Frente Democrática para a o Povo Centro-Africano.

Integrante da Minusca. Foto: ONU/Catianne Tijerina (arquivo)

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Onze reféns dos Camarões foram libertados no domingo após passar dois anos em cativeiro.

Em nota, a Missão Integrada Multidimensional de Estabilização da ONU na República Centro-Africana, Minusca, saudou a libertação dos reféns.

Autoridades

Os 11 eram mantidos pela Frente Democrática para o Povo Centro-Africano (Fdpc na sigla em inglês).

As vítimas foram entregues às autoridades camaronesas.

Ainda em nota, a Minusca pediu a libertação do presidente da Câmara, do seu vice e de um religioso de Baboua, que ainda estão sob poder do movimento rebelde desde 16 de julho do ano passado.

Eles continuam reféns apesar de vários apelos pela sua libertação.

A Missão da ONU na República Centro-Africana voltou a pedir aos grupos armados que renunciem à violência sem imposição de condições, e que se juntem ao diálogo iniciado pelo governo para fortalecer a segurança e estabelecer a paz duradoura no país africano.

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome