Unicentro realizou mais de 130 mil atendimentos relacionados à Covid-19

0
3


A Unicentro, desde o início da pandemia, tem atuado de forma efetiva nas ações de enfrentamento, combate e prevenção àz Covid-19. Esse cuidado da universidade com a população é expresso, por exemplo, por meio de projetos extensionistas como o intitulado “Ação de extensão de prevenção ao novo coronavírus”. O trabalho é desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Guarapuava e com a 5ª Regional de Saúde do estado e tem como objetivo ajudar na contenção do avanço da doença nos municípios da região centro-sul do Paraná.

Como objetivos específicos”, explica a coordenadora das atividades, professora Alexandra Bittencourt, do Departamento de Enfermagem, “auxiliar os municípios da 5ª Regional de Saúde que apresentarem casos positivos de Covid-19 a realizar a triagem da população e orientar o isolamento dos casos suspeitos. Também como objetivo específico, realizar a orientação da população de como se proteger da Ccovid-19 e orientar qu

Ações foram da prevenção à vacinação dos idosos em casa

anto aos possíveis casos suspeitos conforme a gravidade e a presença de pessoas em situação de risco e, também, promover o tratamento e acompanhamento de casos leves em pessoas em situação de risco ou não, e encaminhar os casos graves para tratamento hospitalar”.

O projeto teve início em abril de 2020 com a participação de uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais e docentes de diversas áreas da universidade. “Durante todos os meses do projeto, de abril até final de dezembro, nós tivemos quatro docentes ligados ao call center e à plataforma virtual do Estado, tivemos 12 alunos dos cursos da Saúde também ligados ao call center do município e à plataforma virtual do Estado. Passaram pelo projeto 19 enfermeiros, 18 técnicos de enfermagem, dois farmacêuticos, três fisioterapeutas, duas nutricionistas e duas psicólogas”, detalha.

De acordo com a professora Alexandra, desde o início do projeto foram realizados mais de 130 mil atendimentos, distribuídos entre os 12 municípios da 5ª Regional de Saúde – Guarapuava, Cantagalo, Laranjeiras do Sul, Pinhão,  Palmital, Laranjal, Nova Laranjeiras, Rio Bonito do Iguaçu, Foz do Jordão, Pitanga, Prudentópolis e Porto Barreiro. Os atendimentos eram voltados, principalmente, aos pacientes suspeitos ou já diagnosticados com Covid-19.

Entre as ações, destacamos os atendimentos via call center e plataforma do Estado. Nós tivemos profissionais – enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos e psicólogos – trabalhando diretamente com o usuário através do atendimento em Unidades Básicas de Saúde tanto de Guarapuava quanto de outros municípios e também hospitais. Então, a importância desse trabalho para a comunidade foi propiciar que esses municípios recebessem profissionais para atuar diretamente em combate ao novo coronavírus”, finaliza Alexandra.



Fonte

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome