Unicentro participa do Encontro de Empreendedorismo de Irati

0
1


Unicentro participa do Encontro de Empreendedorismo de Irati

Unicentro participa do Encontro de Empreendedorismo de Irati

Buscando a inovação e a criatividade, o Pavilhão de Exposições João Wasilewski recebeu a 2ª Feira Iratiense de Empreendedorismo. E a Incubadora de Negócios Irati, a Ineti, uma iniciativa da Unicentro, não poderia ficar de fora desse grande encontro. “A Ineti está aqui para mostrar que ela existe, que temos uma incubadora para atender Irati e nossa região centro-sul, e para mostrar para as pessoas que estão aqui passeando e conhecendo a Feira qual o motivo da existência da Incubadora”, conta a diretora executiva da Ineti, professora Adriana Queiroz Silva. Adriana também explica que além de expor as atividades da Incubadora para a comunidade, o evento foi importante para ampliar a rede de contatos da Ineti. “Você vai conhecendo as pessoas, vai conhecendo as organizações e uma organização vai auxiliando a outra nessa rede de contatos”.

Outro representante da Unicentro na Feira de Empreendedorismo foi o Programa Bom Negócio Paraná, que busca auxiliar micro e pequenos empreendedores do estado. “Por ter uma grande movimentação de empresários aqui na feira, talvez eles se interessem porque sempre é uma capacitação que agrega na carreira profissional e também no negócio”, explica a estagiária do programa e estudante de Administração, Giovanna Oliveira.

Mas não só órgãos públicos participaram da feira, os empresários da região também fizeram questão de levar suas ideias e negócios ao evento, caso do empreendedor Jaime Martini. “Eventos como esse são o que fomenta, o que empolga as pessoas a estarem evoluindo e prosperando”, afirma. E frutos dessa ideia de incentivo ao empreendedorismo já começam a surgir. O estudante Jeferson Kutz, do Colégio Estadual São Vicente de Paula, resolveu abrir o próprio negócio de animação para festas infantis depois das aulas sobre o tema. “Fui, conversei com o professor, ele deu a ideia de fazer nossa própria empresa. Daí, já fomos na ideia da diversão de crianças, fazer festas particulares para crianças”.

Outro colégio que incentiva o empreendedorismo é a Escola Municipal João Paulo II. No estande, foram vendidos cupcakes produzidos pelos próprios alunos, tornando a feira uma aula prática sobre negócios. “Desde o começo do ano, despertando empreendedorismo neles. A gente mobiliza boa parte da escola para que esse dia de hoje funcione”, relata o coordenador pedagógico da escola, Jenilto Maneira.



Fonte

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome