Unicentro organiza 21ª edição do prêmio Amsop de Comunicação

0
67

Unicentro organiza 21ª edição do prêmio Amsop de ComunicaçãoPublicado 2 de dezembro de 2015 | Por coorc

O Prêmio Amsop de Comunicação, organizado pela Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná, chegou nesse ano a sua 21º edição e pela oitava vez consecutiva contou com a participação da Unicentro na sua realização. A Universidade e a Amsop são parceiras desde 2007. Nos primeiros anos, a participação se restringia a avaliação dos trabalhos inscritos por professores da área de comunicação. Com o passar do tempo, os vínculos foram fortalecidos e a Unicentro foi convidada a ser a principal parceira na organização do prêmio.

O professor Márcio Fernandes, organizador do prêmio, estava no evento representando a Unicentro e comenta a parceria entre a universidade e a entidade. “Há quase 10 anos a Unicentro é parceira da Amsop com muito orgulho, muitas das modificações ao longo desses anos todos, das inovações, foram sugeridas pela Unicentro e incorporadas pela entidade, como a categoria de comunicação cidadã, por exemplo”, argumenta.

O prêmio tem como objetivo reconhecer o mérito de peças publicitárias e o trabalho jornalístico desenvolvido por profissionais da região sudoeste paranaense. A cada edição, a premiação se dá em duas categorias. A primeira é a temática livre, que tem como única exigência que sejam abordados assuntos relacionados a um dos 42 municípios do sudoeste paranaense. A outra é temática especial, que este ano foi a Carta do Sudoeste 2014.

O secretário executivo da Amsop, José Kresteniuk, explicou a escolha do tema para esta edição do prêmio. “A Carta do Sudoeste é praticamente a essência do sudoeste. Essa edição de 2014 trouxe uma série de bandeiras de luta do sudoeste e com certeza ela estimulou a imprensa a focalizar e a cobrar das autoridades aquilo que o sudoeste necessita, principalmente as infraestruturas básicas”, conta o secretário.

Este ano, 244 trabalhos foram inscritos nas duas categorias que se subdividem em 14 modalidades. Apesar da concorrência acirrada, teve jornalista que levou para casa mais de um troféu. É o caso do Adolfo Pegoraro, do Jornal de Beltrão, que ficou em primeiro lugar em três categorias: impresso temática livre, impresso temática especial e rádio temática livre. O jornalista conta que sua relação com o prêmio vem de longa data. “Uma mesma reportagem sobre a bica d’agua que é um problema latente aqui no sudoeste, eu consegui dois prêmios, um no impresso e um no rádio também. Desde 2007, que foi a primeira vez que eu participei, esse já é o 17º troféu que eu ganho no prêmio Amsop”, comemora.

Cristiane Sabadin também teve o mérito do seu trabalho reconhecido. Ela foi a primeira colocada em revista temática livre e a terceira na categoria comunicação cidadã. A jornalista não conseguia conter a felicidade ao falar da premiação. “Não tem coisa melhor do que esse dia, esse reconhecimento. Principalmente porque quem julga são pessoas que conhecem o nosso trabalho, sabem das dificuldades. Então é gratificante, é melhor do que qualquer salário, melhor que qualquer coisa”, conta.

O grande vencedor da noite foi o Leandro Czerniaski, colunista do Jornal de Beltrão. Primeiro colocado na categoria crônica, ele ganhou também o primeiro lugar geral, disputado pelos quatorze ganhadores. Para Leandro, o prêmio estimula o profissionalismo na área de comunicação da região. “O sudoeste vem demonstrando profissionalismo cada vez maior na área jornalística, em todos os seus seguimentos, tanto rádio, TV, quanto jornal, principalmente em crônica, que é uma categoria mais literária, mas que também está tendo destaque, um reconhecimento muito bacana”, ressalta Leandro.

Os ganhadores comemoraram com suas equipes de trabalho o reconhecimento da Amsop pelo trabalho realizado pelo sudoeste paranaense. O presidente da entidade, Altair Gasparetto, comentou que o objetivo principal da premiação foi alcançado. “Em forma de reconhecimento, em forma de gratidão de toda a imprensa que vem divulgando os trabalho da nossa entidade da Amsop, que vem divulgando os trabalhos dos 42 municípios”, finaliza.

Fonte: Unicentro – Coorc

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome