Unicentro oferta vagas em cursos de graduação para refugiados

0
3


Na Unicentro, a busca pela criação de mecanismos que ofereçam apoio nas questões estudantis são pensadas constantemente. As formas de inclusão de toda a sociedade também são propostas discutidas pela universidade. Seguindo essa visão, a Diretoria de Programas e Projetos, através da Proen, que é a Pró-Reitoria de Ensino, divulgou o edital de seleção para o Programa de Acesso à Educação Superior para Refugiados que,  como conta a Diretora de Programas e Projetos da Unicentro, professora Maria Lurdes Felsner, visa possibilitar que os refugiados possam frequentar a universidade. “Fornecer acesso à educação superior a refugiados em cursos de graduação presenciais da Unicentro e, dessa forma, permitir que esses possam dar continuidade a seus estudos e sua formação profissional enquanto estiverem residindo no Brasil”. 

Entende-se por refugiado toda a pessoa que obtiver o reconhecimento dessa condição pelo Comitê Nacional para os Refugiados, o Conare. A condição é extendida, também, aos demais membros do grupo familiar que dependam economicamente do refugiado, desde que se encontrem em território nacional. Maria Lurdes explica que serão destinadas para o programa duas vagas de cada um dos cursos de graduação ofertados nas unidades universitárias de Guarapuava e de Irati, com exceção de Medicina.

Para a inscrição, o candidato deve apresentar toda a documentação descrita em edital. “O refugiado com interesse na ocupação de vaga do Programa deve fazer sua inscrição mediante apresentação da documentação comprobatória de acordo com o prazo e demais orientações definidas no edital. Após a análise da documentação é publicado edital com a relação das inscrições aceitas e/ou indeferidas sem identificação nominal dos candidatos até dia cinco de julho”, detalha Maria Lurdes.

A diretora de Programas e Projetos também destaca que a seleção dos candidatos que tiverem a inscrição aceita será  realizada por meio da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. “A consulta ao resultado obtido pelo candidato no Enem 2020 é realizada por meio do número do CPF, informado pelo candidato no ato da inscrição. Candidatos inscritos para a mesma opção de curso concorrem as vagas por meio da média de pontuação obtida em todas as áreas do Enem 2020, prevalecendo a pontuação mais alta e em caso de empate tem prioridade o candidato que obter a nota mais alta em redação. São eliminados do processo de seleção os candidatos que tenham obtido resultados igual a zero em qualquer uma das áreas do Enem 2020”.

O resultado da seleção – com data, local e horário para a realização da matricula – será publicado até o dia nove de julho. As inscrições para o Programa de Acesso à Educação Superior para Refugiados seguem abertas até o dia 30 de junho e são feitas exclusivamente pela internet, através do Protocolo Online. Todas as informações estão descritas em edital publicado na página da Proen, no site da Unicentro. 



Fonte

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome