Unicentro e Prefeitura doam materiais de limpeza para catadores de reciclável do Industrial

0
3


A parceria entre o Departamento de Enfermagem da Unicentro e o Departamento de Gestão e Educação em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Guarapuava é anterior a pandemia de coronavírus. Mas nos últimos três meses, desde que tiveram início as ações de prevenção à covid-19 na cidade, elas foram intensificadas. Um exemplo são as formações voltadas a grupos específicos da sociedade guarapuavana com o objetivo de capacitar essas pessoas a adotarem cuidados para evitar a contaminação pelo vírus e a disseminação da doença.

A última dessas capacitações ocorreu essa semana e teve como público-alvo os operadores de coleta seletiva que integram a Reciclasol, que é a Cooperativa de Trabalho Solidário para Coleta Seletiva e Reciclagem de Resíduos Sólidos, localizada no bairro Industrial. A convite das tutoras em atenção primária da Prefeitura, as professoras e bolsistas do Departamento de Enfermagem foram até a sede da cooperativa para a realização de uma oficina. “Nós fomos até a cooperativa e lá fizemos algumas orientações, algumas demonstrações sobre a lavagem correta das mãos, o uso correto das máscaras, os riscos de contágio do coronavírus, as principais formas de contágio – tudo aquilo que está relacionado ao coronavírus para a prevenção desse contágio”, relata a professora Alexandra Madureira, que é chefe do Departamento de Enfermagem da Unicentro.

Equipe de professores e estudantes deram instruções práticas de prevenção à covid-19, coo a correta lavagem das mãos (Foto: arquivo pessoal)

Quando receberam o convite do Departamento de Gestão e Educação em Saúde do município para a realização do curso na cooperativa, os professores da Unicentro logo perceberam que tinham um desafio complementar. Afinal, de que valeria reafirmar a importância dos cuidados de higiene e como eles deveriam ser empregados se essas pessoas não tivessem acesso à produtos de limpeza? Assim, Unicentro e Prefeitura iniciaram uma campanha de arrecadação desses materiais e montaram 30 kits, um para cada trabalhador da Reciclasol. “Entramos em contato com professores, pessoas ligadas aos nossos cursos da Saúde, os próprios profissionais da Secretaria de Saúde e recolhemos donativos para fazermos esses kits. Então, essa ideia surgiu a partir dessa demanda, não só ir lá orientar como se faz a lavagem das mãos, como se usa máscaras, mas também levar esses produtos, porque de nada adianta a gente falar que precisa lavar as mãos, usar sabão, sabonete, água sanitária, detergente, se essas pessoas não tiverem acesso a esses produtos”, defende Alexandra.

Cada uma das 30 cestas doadas para os catadores de recicláveis continha três litros de água sanitária, cinco frascos de detergente, três tubos de creme dental, sete sabonetes e quatro barras de sabão. Também foram incluídos no kit um frasco de álcool-gel doado à universidade pelo grupo O Boticário e um frasco de álcool líquido 70% glicerinado produzido pela Novatec/Unicentro. Além disso, em cada cesta foi colocado livro infanto-juvenil, repassado à Unicentro pela Superintência de Cultura do estado. Para completar, as cestas continham, cada uma, três máscaras cirúrgicas, confeccionadas pelas integrantes da Universidade Aberta a Terceira Idade, a Unati da Unicentro, em manta cirúrgica. O material permite que o equipamento de proteção seja lavado e reutilizado inúmeras vezes.



Fonte

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome