Receitas personalizadas fazem parte do atendimento da Clínica Escola de Nutrição

0
86

Receitas personalizadas fazem parte do atendimento da Clínica Escola de NutriçãoPublicado 30 de dezembro de 2016 | Por ariane

Seguir um plano alimentar saudável nem sempre é fácil. Além de cuidar da quantidade de alimentos que devem ser ingeridos, muitas vezes, o paciente precisa ter criatividade na hora de preparar as refeições. E para não enjoar do cardápio, novas receitas são sempre bem-vindas. Por isso, os pacientes atendidos pela Clínica Escola de Nutrição da Unicentro recebem, durante o acompanhamento nutricional, além de orientações sobre a dieta, receitas alternativas, que vão garantir um cardápio saboroso, saudável e diversificado.
“Os pacientes receberem receitas na primeira consulta, no dia da orientação quando eles recebem o cardápio, e recebem também algumas receitas referentes àquele cardápio que eles podem realizar no dia a dia”, contou a professora Adriana Masiero, do Departamento de Nutrição. O objetivo, ela conta, é incentivar que o paciente siga corretamente o plano alimentar. A ideia é que, a cada consulta, ele leve para casa um cartão com receitas diferenciadas e fáceis de preparar.
De acordo com a professora Adriana, entregar uma receita nova a cada consulta, é uma maneira de trazer uma novidade para o paciente. “A ideia de entregar cartões individualizados é que eles tenham sempre isso como uma novidade. Então, eu vou lá hoje e vou receber uma outra receita, mês que vem eu vou receber talvez uma outra. Essa ideia de fazer individualizado é que eles estejam sempre motivados a algo diferente”, explicou.
Antes de chegar até o paciente, a receita é testada pelas acadêmicas. No laboratório, elas separam os ingredientes, misturam tudo com cuidado, e, depois de tudo arrumadinho na forma, colocam no forno. O resultado está aprovado por quem mais interessa, o paciente. Seo Valter Quadros, por exemplo, depois de um susto com os altos índices de glicose, veio até a Clínica Escola em busca de tratamento nutricional individualizado e de fácil acesso. Em pouco tempo de acompanhamento, ele já viu bons resultados. “Ela me passou o programa de alimentação, a partir de então eu comecei, mudando a alimentação, quantidade e qualidade. Eu comia muito mal, duas ou três vezes ao dia só. Hoje eu faço de seis a sete refeições e, junto, caminhadas”, contou Valter.
Depois de provar um dos pratos sugeridos, seo Valter garantiu que vai continuar com a dieta, agora, incluindo a nova receita. “Com certeza! Já falei que quero a receita, vou fazer e vou divulgar, para que outros também tenham acesso a essa delícia”, disse. Para a acadêmica Tatiane Wendler, ver o sucesso dessa iniciativa é motivo de orgulho.”É bem gratificante. É um aprendizado não só para agora mas para vida que a gente tá tentando melhorar cada dia mais”, afirmou.
A acadêmica Patrícia Amâncio também destacou que ver o paciente satisfeito, é sinal de que o trabalho realizado na Clínica de Nutrição cumpriu seus objetivos. “É muito bom quando o paciente chega no mês seguinte e fala: ‘nossa aquela receita deu certo, é muito boa, a gente gostou’. Nós vemos que estamos fazendo a coisa certa e que, de alguma forma, a gente está ajudando as pessoas”.

Postado em noticiasFonte: Unicentro

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome