Professor da Unicentro faz vivência em universidade do Chile

0
94

Professor da Unicentro faz vivência em universidade do ChilePublicado 13 de novembro de 2015 | Por coorc A Universidade de Bío-Bío, em Concepcion, no Chile.

A Universidade de Bío-Bío, em Concepcion, no Chile.

Internacionalização é uma das palavras de ordem do ensino superior contemporâneo. Por isso, a Unicentro, constantemente, está buscando estabelecer novas parcerias com entidades e universidades do exterior. Uma dessas iniciativas remete ao professor Sandro Santos, do Departamento de Física. Ele voltou recentemente de uma vivência de aprendizagem, na universidade chilena de Bio-Bio, em Concepcion. O intercâmbio, que teve duração de 15 dias, é resultado de um encontro com docentes da instituição do Chile em um congresso na Espanha. “A ideia foi exatamente essa, fazer uma vivência dentro da universidade, fizemos um tour para conhecer toda a universidade, me apresentaram projetos, as propostas e, na sequência, eu ministrei três cursos para o mestrado que eles têm em Física”, explicou o professor Sandro.

Durante o período de vivência, a troca de experiências e conteúdos foi bastante intensa, com ganhos para as duas universidades. Da Unicentro, o professor Sandro apresentou projetos, programas e pesquisas. Da Universidade de Bio-Bio, ele trouxe a preocupação dos chilenos na formação de novos professores e na aprendizagem baseada em resoluções de problemas. “Fui trabalhar também nessa ideia deles, porque o projeto é desenvolver estrategias para o ensino, eles trabalham bastante com a aprendizagem baseada em problemas e também a aprendizagem em resolução de problemas, e nós aqui desenvolvemos coisas bem similares e eu levei para eles conhecerem o diagrama que surgiu a partir da minha tese de doutorado”.

O primeiro resultado do período de intercâmbio é um artigo que será publicado em uma revista chilena. Além disso, Sandro ressalta que as duas universidades se comprometeram a desenvolver projetos em conjunto. “Eu acredito que temos que nos articular internamente e com as outras universidades. A de Bio-Bio, em Concepcion, na tentativa de conceber de fato um convenio, tornar o fato de direto e, a partir disso, estabelecer quais ações, são possíveis com esse convênio. O que cada universidade pode dar uma para a outra, intercambiar alunos, professores, chamar para palestras, cursos”, concluiu o professor.

Fonte: Unicentro – Coorc

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome