Oportunidades de intercâmbio para graduação e pós-graduação no Canadá

0
18


Oportunidades de intercâmbio para graduação e pós-graduação no Canadá

Oportunidades de intercâmbio para graduação e pós-graduação no Canadá

Um dos maiores países do mundo, com um inverno rigoroso, mas com paisagens de tirar o fôlego, além de ser um ótimo lugar para aperfeiçoar o inglês e o francês. Este é o Canadá. Um destino cada vez mais procurado por quem deseja ter experiências fora do Brasil, o país da América do Norte está oferecendo vagas de mobilidade acadêmica de curta duração em editais para três universidades diferentes.

De acordo com Miguel Bacheladenski, chefe da Divisão de Programas Internacionais, do Escritório de Relações Internacionais da Unicentro, a oportunidade é oferecida pelo Programa Futuros Líderes nas Américas. “Ele é um programa financiado pelo governo canadense, pela Global Affairs do Canadá, por meio do Departamento de Relações Exteriores, Comércio e Desenvolvimento. Ele oferece oportunidade para estudantes da América Latina e do Caribe realizarem um intercâmbio de curta duração tanto na graduação como na pós-graduação”, comenta.

As instituições conveniadas a Unicentro que receberão os alunos em mobilidade são a Université du Québec à Trois-Rivières (UQTR), Lakehead University e University of Saskatchewan. Cada uma delas possue prazos, número de vagas e editais de inscrições distintos, que podem ser acessados na página do Escritório de Relações Internacionais da Unicentro.

O programa oferece também oferece bolsa-auxílio para os contemplados. São 7.200 dólares canadenses para os estudantes de graduação, que devem realizar a mobilidade durante quatro meses. Já para o nível de pós-graduação, o valor é de 9.700 dólares canadenses para um período de cinco a seis meses no país de destino.

Miguel lembra que realizar a mobilidade pode ajudar o estudante a se desenvolver tanto no nível acadêmico, quanto pessoal. “Eles acabam tendo oportunidade de ter contato com outros professores, diferentes olhares sobre um determinado objeto de estudo, outra realidade. Do nível pessoal eles podem aperfeiçoar sua qualificação linguística”.

Uma das pessoas que aproveitou a oportunidade de crescer em ambas as áreas foi a egressa do curso de Publicidade e Propaganda da Unicentro, Camila Barp. Ela ficou no Canadá entre janeiro e maio de 2014, sendo recebida pela Université du Québec à Trois-Rivières, que fica no estado do Québec, onde o idioma falado é o francês. “Eu acho que, proporcionalmente, foi o tempo da minha vida que eu mais expandi em conhecimentos  profissionais, em troca de ideias com pessoas diferentes, em experiências pessoais de várias formas”.

Outro ponto que Camila gosta de recordar é sobre a hospitalidade do povo canadense. Ela conta que sua colega de quarto em Trois-Rivières mobiliou um quarto e conseguiu roupas de inverno, que na região tem temperatura média de -15°c, antes de sua chegada. “Eu gosto bastante de contar essa história porque mostra como os canadenses são solícitos e como eles ajudam da maneira com que eles podem e até te surpreendem com a generosidade”, explica.

E o domínio da língua francesa que Camila obteve durante seu período no Québec lhe abriu oportunidades profissionais aqui no Brasil. Hoje ela é professora-bolsista do programa Paraná Fala Francês, na Unicentro. “Foi lá que eu consegui romper a barreira idiomática mesmo. Foi lá que eu entendi como é conversar com certa fluência, como é ouvir e compreender o que está escutando. Eu me coloquei naquele contexto, eu fiz essa imersão idiomática e é muito importante e me ajuda até hoje”.



Fonte

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome