Mostra fotográfica Acervo em exposição no campus Cedeteg

0
109

Mostra Fotográfica Acervo em exposição no Cedeteg (Foto:Maíra Machado)

Mostra Fotográfica Acervo em exposição no Cedeteg (Foto:Maíra Machado)

Quem passou pelo bloco da administração central do campus Cedeteg já deve ter percebido que, nos últimos dias, mais de 20 fotos estão expostas no local. As imagens, coloridas ou em preto e branco, são o registro de temáticas comuns ao nosso cotidiano. A exposição ganhou o título ‘ Acervo’ e foi desenvolvida por acadêmicos do curso de Jornalismo, sob a orientação do professor Gilson Boschiero. “Quando fiz o plano de ensino, já previ que os alunos pudessem praticar o fotojornalismo”, disse o professor.
O objetivo da divisão de Cultura do campus Cedeteg é, a partir de agora, promover a interação cultural entre os campi universitários. Dessa forma, a intenção é que exposições e outras manifestações artísticas e culturais passem a ocorrer periodicamente no campus Cedeteg. “É essencial termos essa parceria porque muitas dessas atividades culturais ocorrem no campus Santa Cruz e nós estamos começando a inserir elas aqui também”, explicou a responsável pelo setor, Ana Lucia Suriani.
A exposição ‘Acervo’ traz imagens que retratam diferentes temáticas – preconceito, a bicicleta como meio de transporte, cachorros de rua. Há, também, um grupo de fotografias que versa sobre o tema “crianças”. De acordo com a acadêmica Elisandra Carraro, o que motivou os alunos a escolherem esse tema foi um fato cotidiano. “Quase todos os dias, quando nós pegávamos o ônibus para vir pra faculdade sempre víamos uma ou duas crianças brincando. Decidimos fazer esse ensaio fotográfico com essas crianças que nós encontrávamos no nosso dia a dia. Então, nós fomos aos bairros carentes porque nós queríamos descobrir como essas crianças fabricavam os seus brinquedos, como elas brincavam, que tipo de brincadeiras elas produziam”, contou.

cedeteg 043

Infância é uma das temáticas da exposição Acervo (Foto: Maíra Machado)

A ideia de promover essa interação cultural entre os campi da universidade agradou a toda a comunidade acadêmica. “Eu acho fantástico porque existem muitos espaços na universidade que podem ser utilizados para materiais culturais. Muitas vezes os acadêmicos de um campus acabam não conhecendo o trabalho dos próprios colegas de universidade que ficam em outro campus. Espero que isso continue. É bom, também, para que os alunos se sintam motivados”, disse o professor Gilson.
As fotos ficarão expostas até o final deste mês, no bloco da administração do campus Cedeteg.

Fonte: Coorc Unicentro

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome