Mestrandos em Letras cursam disciplina em doutorado em Ciências Sociais, na Argentina

0
51

Mestrandos em Letras cursam disciplina em doutorado em Ciências Sociais, na ArgentinaPublicado 20 de dezembro de 2016 | Por ariane

Três alunos do curso de Mestrado em Letras da Unicentro participaram, nesse mês de novembro, de atividades no doutorado em Ciências Sociais da Universidad Nacional de Jujuy (UNJu), na Argentina. Mariel Mendes, Rosana Taís e Simone Achre assistiram às aulas concentradas da disciplina “Pós-Modernidade e Ciências Sociais”. “Foi uma experiência muito boa, tivemos aula de terça até sexta-feira, oito horas por dia de aula. Então, foi uma dose, assim, de aprendizado muito grande, onde a gente aprendeu muito coisa, não só na parte da nossa formação acadêmica, mas também na nossa formação como indivíduos, como pessoas. Foi maravilhosa, uma experiência que vale muito a pena mesmo”, contou Rosana ao retornar à Guarapuava.
A viagem dos três mestrandos é o capítulo mais recente das atividades desenvolvidas conjuntamente pelas duas instituições de ensino superior. “A Unicentro convive há seis anos já, cotidianamente, com Jujuy”, pondera o professor Marcio Fernandes, responsável pela ida dos mestrandos até a UNJu. “No primeiro semestre de 2016, o professor Jorge Kulemayer, que é o coordenador do doutorado em Ciências Sociais, esteve em vista técnica à Unicentro por três dias, para que a gente pudesse avaliar possibilidades de ação em conjunto nas áreas de Comunicação, Letras, em História e em outros segmentos”.
Nessa passagem por Guarapuava, ao ministrar uma conferência dentro da disciplina “Linguagem e Transdisciplinaridade”, ministrada conjuntamente pelos professores Marcio Fernandes e Salete Borba, Kulemayer convidou os alunos para que assistissem a uma disciplina concentrada no segundo semestre de 2016. “A partir dali, a gente fez um estímulo e três toparam o desafio. A Universidade deu o apoio que foi possível – tanto logístico quanto financeiro – e eles estiveram lá recentemente”, lembrou Marcio.
Para os estudantes, a oportunidade foi singular. “Experenciar isso na pele foi ótimo. Viver a realidade, a cultura, a comida, a religião, o costume, a história, eu acho que viver isso nos sentidos mesmo – olhar, tocar, cheirar – não têm palavras que possam decifrar o que foi essa experiência”, destacou Mariel Mendes. Opinião corroborada por Rosana. “Essa semana foi muito importante para a gente. Nós aprendemos muitas coisas, vivenciamos experiências novas. Pra mim foi uma experiência completamente diferente porque foi a primeira vez que eu saí do país, primeira vez que andei de avião. Com certeza, você fazer uma disciplina fora do país, em uma outra Universidade, você sair do seu espaço de conforto e ir para um outro lugar, isso já te agrega muito coisa, enriquece o teu currículo, o teu conhecimento acadêmico”.
Ações de internacionalização da pós-graduação são estimuladas e valorizadas pelas agências de fomento à pesquisa nacionais e estaduais. E a Unicentro tem, dia a dia, buscado incrementar esse processo, proporcionando mais possibilidade à alunos e professores, a partir da assinatura de convênios Universidades de outros países. “Me parece que a ação foi muito pertinente, eles foram muito bem recebidos. O doutorado em Ciências Sociais da Universidade Nacional de Jujuy tem conceito máximo no órgão federal de avaliação de cursos de pós-graduação na Argentina”, finalizou Marcio.

Postado em noticiasFonte: Unicentro

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome