Física Unicentro: 2º melhor curso da região Sul do Brasil

0
136

A Unicentro tem se consolidado, ano a ano, como instituição de ensino superior de referência no Brasil. Num universo de 231 universidades avaliadas, a instituição saiu da 47. posição no IGC (Índice Geral de Cursos) de 2012 para tornar-se a 25. melhor universidade brasileira na última avaliação referente a 2014 e divulgada no final do ano passado pelo MEC (Ministério da Educação). Resultado construído a partir do empenho de muita gente: gestores, agentes universitários, professores e acadêmicos.

Prova desse trabalho dedicado e comprometido é o resultado do Conceito Preliminar de Curso, o CPC 2014, divulgado no início desse ano pelo MEC. Na avaliação, vários cursos da Unicentro obtiveram uma boa classificação. O curso de Física foi um deles, garantindo o segundo lugar nos rankings estadual e regional e oitavo lugar no universo nacional. “Muito, muito orgulho! É a maior satisfação para um professor ter o trabalho reconhecido. Nós ficamos realmente muito orgulhosos e isso nos estimula a continuar, sempre fazendo um trabalho melhor”, disse o vice-chefe do Departamento de Física (Defis), professor Eduardo Vicentini.

O CPC é um indicador de qualidade, calculado no ano seguinte ao da realização do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). A avaliação é feita com base no desempenho de estudantes, corpo docente, infraestrutura e recursos didático-pedagógicos. Fatores em que o Defis vem investindo esforços para avançar desde que o curso foi criado, em 2002. Somado a isso, há também o envolvimento dos alunos na graduação e em projetos ligados ao curso. “Os alunos sempre se envolvem em muitos projetos de iniciação científica, além das atividades do PET Física. Temos também o Pibid (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência), e com isso os alunos puderam se dedicar mais ao curso e ficar mais tempo na universidade. O envolvimento dos alunos nas semanas de estudos também promove a integração de professores e alunos na busca pela qualidade do curso”, acrescentou o professor Eduardo.

Atualmente, o Departamento de Física conta com 11 professores efetivos e dois colaboradores. Todo o trabalho de formação feito com os alunos é realizado nas salas de aulas e em laboratórios didáticos. Para a acadêmica Alaine Gomes, o bom trabalho possibilitado pela estrutura e dedicação dos professores é a garantia de um futuro promissor para todos os acadêmicos. “Sabemos que, conseguindo nos formar, poderemos seguir uma linha de pós-graduação ou, se seguirmos a docência, sermos ótimos professores”.

Para o professor Rodrigo Oliveira Bastos, que integra o corpo docente do departamento, a dedicação e o comprometimento dos professores foram aspectos importantes para a boa colocação do curso na avaliação do CPC. “Vejo que os professores têm se empenhado em entusiasmar os alunos a estudarem e enxergarem que vale a pena a paixão por esses conhecimentos. Com essa boa avaliação, temos o reconhecimento de que o trabalho desenvolvido tem valor tanto para a instituição quanto, principalmente, para a comunidade. É a indicação que estamos, com certeza, no caminho certo”, afirmou.

A partir de agora, os esforços do departamento serão voltados a elevar ainda mais a qualidade do curso e garantir, assim, colocações ainda melhores nas próximas avaliações. “Essa boa colocação de forma nenhuma nos acomoda. Sabemos que temos muitas coisas a fazer ainda e queremos melhorar sempre”, finalizou o professor Eduardo Vicentini.

Fonte: Coorc Unicentro

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome