Egressa do curso de Química tem artigo publicado na Nature Communications

0
137

Egressa do curso de Química tem artigo publicado na Nature CommunicationsPublicado 21 de dezembro de 2016 | Por ariane

A egressa do curso de Química da Unicentro Barbara Bernardim, teve sua pesquisa publicada na revista científica Nature Communications, que possui grande prestígio internacional. Os estudos relatados foram realizados na Universidade de Cambridge, na Inglaterra, e abordam novas possibilidades terapêuticas contra o câncer.
A pesquisa, conta Barbara, apresenta uma nova classe de compostos químicos que ajudam a droga a chegar as células cancerígenas de forma mais eficiente. “As terapias anti-câncer tradicionais, elas possuem efeitos secundários recorrentes devido ao fato de elas não conseguirem distinguir entre as células cancerígenas e as células saudáveis. O estudo que publicamos na revista Nature Communications apresenta uma nova classe de compostos que garantem que o fármaco seja levado até as células cancerígenas através de um anti-corpo de forma eficiente sem que ocorra qualquer liberação prematura na circulação sanguínea”.
Durante sua estada na Inglaterra, ela teve a oportunidade de aplicar seus conhecimentos em sistemas mais complexos, como proteínas, anti-corpos e células. “Eu trabalho com síntese de compostos ativos para diversas doenças desde o meu mestrado, que eu comecei em 2011, na Universidade de São Paulo (USP), após minha graduação na Unicentro. Até então, tanto meu mestrado quanto meu doutorado foram focados no preparo e manuseio desses compostos químicos, mas foi no período de um ano na Universidade de Cambridge, na Inglaterra, com orientação do professor Gonçalo Bernardes, que eu tive a oportunidade de aplicar essas moléculas e técnicas que eu aprendi no meu mestrado e doutorado, em sistemas mais complexos, como por exemplo, proteínas, anti-corpos e células”.
Barbara afirma que essa foi uma grande oportunidade, pois além de ter sua pesquisa publicada na Nature Communications, ela pode adquirir experiência nos laboratórios. “Essa transição em trabalhar com Química Orgânica pura para sistemas biológicos, proteínas, anti-corpos e células me deixou bastante animada, não apenas ter conseguido publicar na revista Nature Communications, que possui um alto prestígio, mas também, o dia a dia no laboratório foi extremamente satisfatório”.
A egressa está animada com suas perspectivas para o futuro, pois espera poder dar continuidade à pesquisa. “Atualmente, eu estou escrevendo minha tese para terminar meu doutorado e, após esse período, eu vou iniciar os estudos de pós-doutoramento no mesmo grupo de pesquisa do professor Gonçalo Bernardes em Cambridge, para que possamos avançar e explorar ainda mais esses compostos que são capazes de ligar anti-corpos, de levar a droga especificamente aos tumores”, afirma Barbara.

Postado em noticiasFonte: Unicentro

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome