Cursos que farão o Enade 2016 passam, também, por avaliação interna

0
97

Cursos que farão o Enade 2016 passam, também, por avaliação internaPublicado 17 de novembro de 2016 | Por ariane

enade4O Enade 2016 está chegando. Esse ano, fazem a Avaliação Nacional dos Estudantes, que será realizada no dia 20 desse mês, os acadêmicos dos últimos anos dos cursos de Agronomia, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina Veterinária, Nutrição e Serviço Social. Simultaneamente ao processo externo um outro, interno, também é realizado pela Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan), é o chamado Ciclo Avaliativo.
A avaliação interna contempla uma consulta aos alunos e professores de toda a universidade e é realizada no mesmo ano em que o curso é avaliado pelo Enade. Implantado efetivamente em 1999, o Ciclo Avaliativo passou por mudanças no decorrer do período, até chegar ao modelo atual, em que a avaliação é feita em conjunto com o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes.
Segundo o assessor técnico da Pró-Reitoria de Planejamento da Unicentro, Angelo Marafon, “a avaliação interna busca informações junto aos coordenadores de cada curso. Antes de nos enviarem os dados solicitados, os chefes de Departamento discutem com seus NDEs (Núcleos Docentes Estruturantes)”.
A avaliação interna da Unicentro tem como proposta a utilização dessas informações advindas de quem faz os cursos no dia-a-dia, ou seja, professores e alunos, para melhorar questões pedagógicas e de infraestrutura.
enade2Os professores dos oito cursos avaliados pela Enade em 2016 são convidados a participar. E é muito simples. Basta entrar no SGU (Sistema de Gestão Universitária) e responder um questionário. O número de questões varia conforme a quantidade de disciplinas de cada curso. Mas, de acordo com Marafon, são “em média, são oito questões. As respostas dadas à elas ajudam os Departamentos no seus planejamentos, a identificar as mudanças que se fazem necessárias”, explica.
A participação do aluno não é obrigatória. A CPA (Comissão Própria de Avaliação) da Unicentro deliberou, em 2004, que as respostas seriam voluntárias. Angelo explica que, dessa forma,a Proplan acredita obter respostas com maior veracidade. “Se é obrigatório, o aluno pode responder apenas para cumprir a imposição, sem refletir. Para evitar isso, responde apenas quem quer colaborar. Isso nos ajuda, institucionalmente, na elaboração do PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional) e planejar o atendimento às reais necessidades dos cursos. Na nossa avaliação, esse modelo deu muito certo. Se você pegar os índices externos e começar a analisar, nós tivemos uma evolução interna. De 2010 para cá, se pegarmos os índices do Ministério da Educação, os nossos cursos aumentaram seus CPCs (Conceito Preliminar de Curso), aumentaram seus Enades. Com isso, a Unicentro foi, no estado do Paraná, a universidade que mais cresceu em qualidade, medida por essesindicadores”.
Os alunos e professores dos cursos que serão avaliados esse ano, têm até o dia 30 de novembro para responderem as questões.

Postado em noticiasFonte: Unicentro

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome