Colações de grau em separado são realizadas nos três campi da Unicentro

0
193

Colação de grau em separado no campus de Irati (Foto: Marina Lukavy)

Colação de grau em separado no campus de Irati (Foto: Marina Lukavy)

Uma cerimônia simples, mas carregada de muita emoção. O importante era ter nas mãos o tão sonhado diploma de uma formação superior. “É muito importante porque estou adquirindo um diploma da graduação, do ensino superior. E por ser numa instituição de qualidade, que é a Unicentro, reconhecida e bem conceituada, é algo muito gratificante”, comemorou a recém-graduada Tamara MariaAndrade, da licenciatura em Química.

Nessa semana, a Unicentro formou quase 200 novos profissionais. Diplomas entregues em colações de grau em separado realizadas nos três campi da instituição. No Cedeteg foram 25 formandos, dos cursos de Ciências Biológicas, Geografia, Matemática, Ciência da Computação, Agronomia, Química e do curso superior de Gestão de Micro e Pequenas Empresas. Diferentes áreas que vão receber profissionais que tiveram uma formação de qualidade. “São profissionais com uma bagagem muito considerável. Os nossos cursos têm sido muito bem avaliados em todos os processos avaliativos, então, a sociedade tem muito a ganhar com esses vários profissionais que a gente tem entregue nesses últimos meses”, destacou o diretor do campus Cedeteg, Fábio Hernandes.

Formanda faz Juramento durante colação no campus Cedeteg (Foto: Maíra Machado)

Formanda faz Juramento durante colação no campus Cedeteg (Foto: Maíra Machado)

A colação de grau em separado tem a mesma importância que as festas tradicionais. A única diferença é a simplicidade. Douglas Ferreira, formado em Ciência da Computação, disse que só o fato fazer o juramento da profissão escolhida e receber o canudo já é suficiente para tornar esse momento único. “Eu acredito que isso é muito importante para quem eu sou e para quem eu serei nos próximos anos. Foi um período muito bom, eu tive um grande aprendizado aqui, no curso de Ciência da Computação”.

Já na colação em separado realizada no campus de Irati foram 48 formandos de cursos ofertados no próprio campus, no campus avançado de Prudentópolis e do curso de Pedagogia à Distância do polo de Lapa. Quem presidiu a Sessão Solene foi o diretor do campus, professor Afonso Figueiredo Filho. Para ele, a formatura é o momento mais importante dentro de uma universidade. “Aqui na Unicentro formamos, este ano, 1.051 profissionais de várias áreas, e no nosso campus foram 322. É uma força de trabalho que se coloca a disposição da sociedade. Nós temos certeza que esses graduados e graduadas receberam aqui uma excelente formação, fruto da dedicação dos nossos professores, funcionários e dos próprios alunos”.

Afonso destaca que, hoje, a Unicentro entrega aos seus formados o diploma e o histórico escolar no ato da Colação de Grau, diferente da maioria das universidades brasileiras que levam algum tempo para disponibilizar os documentos. O diretor do campus também falou sobre a boa colocação de vários cursos da Unicentro no último Conceito Preliminar de Cursos (CPC), que é uma das avaliações de qualidade do Ensino Superior no Brasil realizadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Fomando recebe o diploma do vice-diretor do campus de Irati, Erivelton Fontana de Laat (Foto: Marina Lukavy)

Cerimônia de Colação de Grau em separado do campus de Irati (Foto: Marina Lukavy)

“Isso mostra que estamos fazendo um trabalho muito sério e que capacitamos profissionais que podem concorrer no mercado de trabalho com qualquer outro graduado, formado em qualquer universidade brasileira. Ao longo do tempo, recebemos notícias dos nossos ex-alunos que estão trabalhando em várias partes do Brasil, alguns até no exterior. E isso mostra que estamos no caminho certo”, ressaltou o diretor do campus.

O agora bacharel em Turismo, Ishrael Rickli de Carvalho foi quem fez o pronunciamento em nome dos formandos. Durante a graduação, Ishrael teve a oportunidade de fazer estágio na Coordenadoria de Tecnologia e Informação (Coorti), e ressalta que esta experiência contribuiu muito na sua formação. “Esses anos aqui na universidade trazem algo para a vida do acadêmico. A pessoa que se forma não vai levar só um diploma para casa, mas vai levar o aprendizado, além do conteúdo técnico, o aprendizado de vida mesmo para toda a sua carreira e também para a vida pessoal. A pessoa que vem para cá, que faz uma graduação conhecendo e tendo as vivências que eu tive pelo menos, sai daqui diferente e, com certeza, para melhor”.

Já o radialista Paulo Henrique Sava concluiu a sua licenciatura em História. Para ele, o que fica da vida acadêmica é o conhecimento aplicado na vida pessoal e profissional, e os amigos feitos ao longo dos anos de graduação. “O diploma hoje é dever cumprido. Para nós que buscamos essa formação é um primeiro objetivo, uma primeira etapa desse processo todo. Minha vida universitária trouxe a experiência um crescimento profissional e, principalmente, conhecimento para a vida pessoal e profissional, o mais importante de tudo. E claro, a parceria com os colegas e os amigos que formamos aqui é algo que temos que buscar não perder”.

Graduado recebe o diploma das mãos do diretor do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes de Guarapuava, Carlos Eduardo Schipanski (Foto: Marcio Nei)

Graduado recebe o diploma das mãos do diretor do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes de Guarapuava, Carlos Eduardo Schipanski (Foto: Marcio Nei)

No campus Santa Cruz, ao todo, foram 129 formandos, dos Setores de Ciências Humanas, Letras e Artes e de Sociais Aplicadas, que optaram pela cerimonia em separado. Além dos alunos do campus santa cruz, também colaram grau formandos de três campi avançados e de quatro polos de educação a distância da Unicentro.

A colação em separado é uma opção para alunos que não quiseram ou não conseguiram participar da coleção de grau com uma empresa contratada. “Ela tem a finalidade de atender o aluno que na data estabelecida pela direção de campus, não podendo participar por algum motivo pessoal, seja ele qual for, saúde, financeiro, viagens, então, ele tem essa possibilidade de fazer o requerimento junto ao protocolo da Unicentro e fazer essa colação de grau em separado”, explicou o chefe do Setor de Sociais Aplicadas, professor João Francisco Morozini.

Para os formandos foi um dia de celebração. O diploma é resultado de, pelo menos, quatro anos de dedicação e esforço. “É uma realização e tanto! Desde que eu comecei, foi uma batalha e tanto pra terminar e, para mim, é uma realização”, contou Télcio Bahls Fiuza, graduado em Administração.
Indiamara de Moraes é de Chopinzinho e se formou em Ciências Contábeis. Com o diploma na mão, ainda está difícil de acreditar que os quatro anos de faculdade já passaram. “É muito bom. É bem bacana. A gente não acredita ainda que acabou se formando, quatro anos passaram mais rápido do que eu imaginei, mas é muito bom, estou meio sem acreditar ainda”.

Para solicitar a colação de grau em separado, o aluno deve procurar o protocolo do campus onde estuda e preencher o requerimento, em qualquer época do ano. A data e local da cerimônia ficam a cargo da reitoria.

Assista reportagem em vídeo das Colaçõesd e Grau em Separado na Unicentro WebTV (https://www.youtube.com/watch?v=XHdy_MRlVCU)

Fonte: Coorc Unicentro

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome