Campus Cedeteg sedia Reunião de Desenvolvimento de Novas Cultivares de Batata

0
120

Campus Cedeteg sedia Reunião de Desenvolvimento de Novas Cultivares de BatataPublicado 18 de novembro de 2015 | Por coorc Representantes de empresas agrícolas, produtores da região e pesquisadores da Unicentro fizeram parte do evento.

Representantes de empresas agrícolas, produtores da região e pesquisadores da Unicentro fizeram parte do evento.

Segundo dados do último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Guarapuava ficou com o nono lugar entre as maiores produtoras de batata do Brasil. O alto índice de produtores e de produção da região, fez com que a 14ª edição da Reunião de Desenvolvimento de Novas Cultivares de Batata fosse sediada na Unicentro.

Segundo o representante da Embrapa, Arione Pereira, essa é uma forma de promover o encontro entre universidade, produtores e pesquisadores. “Esse evento tem por objetivo encontrar as academias, junto com o setor de pesquisa e junto com a cadeia produtiva, no sentido de discutir a situação e as demandas de cultivares que existe no país voltado aqui para a região e, ao mesmo tempo, informar sobre o que está sendo avançado nesse sentido”.

Cerca de 60 participantes, entre representantes de empresas agrícolas, produtores da região e pesquisadores da Unicentro fizeram parte do evento. Entre os pesquisadores da nossa instituição está o professor do departamento de Agronomia, Jackson Kawakami. O professor, que desenvolve diversas pesquisas dentro da universidade referentes aos cultivares de batata, ressalta a importância de receber eventos de grande porte como esse. “Eu acho que é de extrema importância porque nós temos vários produtores que estão presentes hoje e eles têm a oportunidade de falar diretamente com os pesquisadores que trabalham com o melhoramento da batata. As pesquisas que eu conduzo são com essas novas cultivares da Embrapa. Nós estamos fazendo testes com quantidade de adubo, com época de plantio, mas também com a questão de espaçamento”, explica. Segundo o professor, suas pesquisas contam com participação de diversos acadêmicos. “Nós temos alunos da graduação, da iniciação científica, do mestrado e também do doutorado, que estão pesquisando isso”.

Natalino Shymoyama, gerente da Associação Brasileira da Batata (ABBA), destaca que a reunião traz para discussão um dos principais temas quando o assunto é batata: a variedade do tubérculo. “Essa reunião em específico, tem o objetivo maior focado na questão de variedades. Quando falamos quais são os grandes gargalos da demanda da batata, indiscutivelmente variedade é um deles”.

O representante da Embrapa, Arione Pereira, destaca que a expectativa quanto a novidade em cultivares apresentada no evento é de que elas contribuam para a produção dos agricultores. “Nós temos expectativas de que eles contribuam para a produção e para o sucesso do produtor; naturalmente que isso é um processo que precisa ser avaliado pelos produtores e pelo mercado”, finaliza.

Fonte: Unicentro – Coorc

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome