Três policiais morrem durante tiroteio nos Estados Unidos

0
27
  • Tweeter

Estados Unidos

Tiroteio

Morte

Três policiais morrem durante tiroteio nos Estados Unidos

Por

RFI

mediaPoliciais bloqueiam a autoestrada Airline Highway, próximo ao local do tiroteio em Baton Rouge, em imagem deste domingo, 17 de julho de 2016.
REUTERS/Joe Penney

Três policiais morreram e outros três ficaram feridos neste domingo (17) durante tiroteio na cidade americana de Baton Rouge, no estado da Louisiana, onde a morte de um jovem negro pela polícia no começo de julho gerou uma onda de indignação e protestos.

Um dos agressores morreu e outros dois teriam fugido. As circunstâncias do crime são desconhecidas, mas, aparentemente, as forças de ordem intervieram após uma primeira troca de tiros. Vários agentes da polícia de Baton Rouge ficaram feridos e foram levados para hospitais da região. O presidente americano Barack Obama reagiu neste domingo (17) dizendo que a morte dos policiais se trata de "um ato de covardes".

Em comunicado oficial divulgado pela Casa Branca, Obama afirmou ainda que "pela segunda vez em duas semanas, policiais que colocam suas vidas em risco todos os dias para nos proteger foram mortos covardemente enquanto faziam seu trabalho". "Esses ataques a servidores públicos, contra o Estado de direito e a sociedade civilizada devem cessar", acrescentou, concluindo: "justiça será feita".

O drama acontece dentro de um contexto de tensão racial na capital da Louisiana, palco de manifestações de protesto contra a violência policial nas últimas semanas. Os protestos aconteceram depois da morte de Alton Sterling por um policial, no começo do mês. O prefeito de Baton Rouge, Kip Holden, pediu calma no canal de televisão local WAFB9, temendo um novo aumento da tensão na cidade. "Não deixemos que ninguém separe esta comunidade com atos absurdos de violência", afirmou.

Um vídeo exibido pela televisão americana mostra os policiais chegando ao local do tiroteio. Um vídeo amador que mostra os últimos instantes de vida de Alton Sterling nas mãos da polícia, no começo de julho, amplamente divulgado na internet, provocou uma onda de indignação que se multiplicou no dia seguinte, quando outro negro, Philando Castile, foi morto pela polícia, desta vez no estado de Minnesota.

Durante a realização de várias manifestações no país para denunciar a violência policial, um homem negro assassinou cinco policiais em Dallas, no último dia 7 de julho, antes de ser morto pela polícia. Na ocasião, o presidente Barack Obama viajou a Dallas na tentativa de passar uma mensagem de união ao país.

"Eu sei que os americanos estão se debatendo agora mesmo com o que testemunhamos na semana passada", disse Obama durante a cerimônia em memória dos policiais falecidos em Dallas. "Estou aqui para dizer que precisamos rejeitar este desespero. Estou aqui para insistir em que não somos tão divididos quanto parecemos", disse.

  • Tweeter

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome