Operação “croissant”: jovens tentam convencer britânicos a ficar na UE

0
53
  • Tweeter

Reino Unido

União Europeia

Plebiscito

Brexit

Operação "croissant": jovens tentam convencer britânicos a ficar na UE

Por

RFI

mediaO grupo de jovens distribuiu mensagens de amor para os britânicos
(Foto: AFP)

Um grupo de 15 jovens que moram na França chegou a Londres nesta quarta-feira (22) para tentar convencer os britânicos a permanecerem na União Europeia. A iniciativa, batizada de operação “Croissant”, reúne pessoas das duas nacionalidades.

Os jovens se instalaram hoje cedo perto da estação de trem ST Pancras, onde chega o Eurostar, vindo de Paris ou Bruxelas. Os organizadores tinham previsto distribuir croissants frescos acompanhados de 500 cartões postais, mas foram impedidos pela polícia britânica. Na verdade, uma lei proíbe os militantes de distribuir comida para os eleitores, porque isso poderia influenciar o voto. O plebiscito, cujo resultado por enquanto é imprevisível, acontece nesta quinta-feira (23).

As pesquisas mostram que 51% dos eleitores são contra a saída do Reino Unido do bloco europeu, mas ainda há muitos indecisos, que podem ser fundamentais no cômputo final.

Rosa Rankin-Gee, 29 anos, explicou que o grupo queria, através do gesto, trazer um pouco de “ternura” ao debate geralmente agressivo entre partidários e adversários do Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia). “Sabemos todos a que ponto a campanha chegou e quisemos trazer um pouco de alegria às pessoas, fazê-las sorrir”, declarou.

A jovem britânica, que vive entre Paris e o Reino Unido, disse que nos cartões postais os franceses falam do “amor pela excentricidade dos ingleses e pela música”. Os militantes da operação "Croissant" entregaram as mensagens a alguns dos milhares de trabalhadores que moram na periferia e chegam a Londres de trem todos os dias.

Muitos ignoraram solenemente a abordagem do grupo, mas alguns deles ficaram impressionados com o interesse que o plebiscito tem despertado entre os franceses. Amy Ferguson, 33 anos, que trabalha em uma empresa que coincidentemente fabrica croissants, se disse “tocada” pela manifestação, mesmo sem poder provar a iguaria francesa.

No fim, sem poderem ser distribuídos, as centenas de croissants parisienses foram doadas a um centro que abriga moradores de rua.

"Corrente do beijo"

No último dia 19 de junho, centenas de europeus de diferentes idades participaram de uma "corrente do beijo", para incitar os britânicos a votarem contra o Brexit. Os beijos começaram em Roma, passaram por Paris, Berlim e terminaram em Londres. De acordo com a organizadora do ato, Anne Agius, a ideia é mostrar que a população é favorável “à unidade e ao amor”, mesmo que a campanha pela saída dos britânicos venha ganhando força, “espalhando o ódio e dividindo a sociedade”.

  • Tweeter

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome