Morre deputada britânica baleada no norte da Inglaterra

0
24
  • Tweeter

Brexit

Inglaterra

Deputados

Morre deputada britânica baleada no norte da Inglaterra

mediaA deputada trabalhista Jo Cox, em 2015.
Yui Mok/Press Association/Handout via REUTERS

A campanha para manter o Reino Unido na União Europeia suspendeu suas atividades nesta quinta-feira (16), depois que a deputada britânica Jo Cox, 41 anos, foi esfaqueada e baleada no norte da Inglaterra. Transportada a um hospital de helicóptero, ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou o cancelamento de um comício previsto em Gibraltar. "Suspendemos todos os atos de campanha durante o dia. Nossos pensamentos estão com Jo Cox e sua família", afirmou a campanha "Vote In" em seu Twitter. Ainda não há informações oficiais sobre o ocorrido, mas publicações britânicas estão postando testemunhos na Internet.

A deputada trabalhista pró-europeia do círculo eleitoral de Batley e Spen (West Yorkshire) foi atingida antes de cair, segundo uma testemunha citada pela agência Press Association.

Agressor teria gritado frase da direita extremista

Cox é partidária da permanência do país na União Europeia e, segundo vários meios de comunicação, seu agressor gritou "Reino Unido primeiro!", um lema da ultradireita britânica.

Eleita em 2015, a mãe de dois filhos também teria sido esfaqueada, segundo vários meios de comunicação.

"A polícia foi avisada de um incidente na rua Market, em Birstall, onde uma mulher de 40 anos sofreu ferimentos graves e se encontra em condição crítica", afirmou a polícia em um comunicado, sem querer confirmar a identidade da vítima.

"Um homem de 50 anos também sofreu ferimentos leves. Policiais armados foram ao local e um homem de 52 anos foi detido na zona", concluiu a polícia.

O Channel 4 afirmou que Cox foi esfaqueada e baleada.

  • Tweeter

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome