Merkel é criticada por política de refugiados após agressões sexuais na Alemanha

0
52

As críticas à chanceler alemã, Angela Merkel, se tornaram mais intensas por sua política de portas abertas aos refugiados após a onda de agressões sexuais na noite de ano novo em Colônia, que os detratores atribuem aos migrantes.

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome