Mágica revisitada e modernizada em cartaz em Paris

0
48
  • Tweeter

Paris

Teatro

Mágica revisitada e modernizada em cartaz em Paris

Por

Patricia Moribe

media"Nous, Rêveurs Définitifs", espetáculo em cartaz no Théâtre du Rond Point.
Etienne Saglio

“Nous, Rêveurs Définitifs” (“Nós, Sonhadores Definitivos”, em tradução livre) é um espetáculo de mágica. Mas uma mágica nova, repaginada, desenvolvida pela companhia francesa 14:20. Batizada de “magie nouvelle”, o novo estilo já é uma estética e disciplina de estudos.

Sob direção de Clément Debailleul e Raphaël Navarro, o show é dividido em esquetes, com estilos diversos, todos em pleno exercício de criatividade em música, dança, ilusionismo, prestidigitação e tecnologia. Sem contra-indicações, o espetáculo agrada a todas as faixas etárias.

A bailarina Ingrid Estarque dança ao som da música ao vivo. De repente, ela parece flutuar ou rodopiar como se não tivesse gravidade. Ela usa truques conhecidos dos especialistas, sem apelo ao computador, mas que deixa a plateia em suspenso.

Talentos individuais formam um show heterogêneo e rico

O jovem Yann Frisch rouba a cena várias vezes. Campeão francês, europeu e mundial de magia, ele recentemente teve seu perfil publicado pelo jornal Libération, em página inteira. “Brilhantíssimo”, diz o Libé. Em um dos quadros, bolas vermelhas pipocam de suas mãos, do nada, deixando-o atarantado, e o público, fascinado.

©Nous, Rêveus Définitifs-Cabaret Magique, em cartaz no Théâtre du Rond Point.
Charlelie Marange

Baixinho, de cabelos alvoroçados, Frisch não só tem mãos que enganam os olhos, mas um humor afiado. Em outro esquete, com o hilário mágico gigante Éric Antoine (2,07m de altura), a dupla convida pessoas do público para participar de um elaborado truque de cartas e aproveitam cada caco da plateia para transformar em piada. E o truque das cartas, milhares de vezes confusamente embaralhadas, dá certo, claro.

Há outros quadros etéreos como o de um pedaço de plástico, sob comando do ilusionista Étienne Sanglio que se transforma em cometa e passeia em alta velocidade sobre a cabeça dos espectadores para depois se dividir em pontos de luz feito estrelas, com as quais o artista brinca de malabarismo.

O espetáculo tem ainda em cena a atriz Calista Sinclair e os músicos Madeleine Cazenave e Camille Saglio.
“Nous, rêveurs définitfs” fica em cartaz no Théâtre du Rond Point, em Paris, até 3 de julho de 2016.

  • Tweeter

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome