Laerte sobre Charlie Hebdo: “Toda piada tem uma ideologia”

0
73

Na véspera de completar um ano dos ataques terroristas ao jornal satírico Charlie Hebdo, a publicação leva às bancas uma edição especial com 32 páginas. Na capa, o semanário volta apontar a religião como responsável por atos extremistas: um Deus tipicamente cristão aparece armado e ensanguentado, sob a manchete: “um ano depois, o assassino ainda está solto”. A RFI Convida a cartunista Laerte Coutinho, um dos maiores nomes do gênero no Brasil, para fazer um balanço sobre o impacto dos atentados.

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome