FUTEBOL/HOMENAGENS: Estádios de todo o mundo homenageiam vítimas de atentados de Paris

0
50

Futebol/Homenagens –

Artigo publicado em 23 de Novembro de 2015 –
Atualizado em 23 de Novembro de 2015

Estádios de todo o mundo homenageiam vítimas de atentados de Paris

Jogadores do Paris Saint-Germain respeitaram um minuto de silêncio antes do início da partida contra o Lorient neste sábado (21).Jogadores do Paris Saint-Germain respeitaram um minuto de silêncio antes do início da partida contra o Lorient neste sábado (21). REUTERS/Stephane Mahe

RFI

Homenagens dos quatro cantos do mundo às vítimas dos atentados do 13 de novembro em Paris marcaram os eventos esportivos deste domingo (22) e sábado (21). Na França, todos os estádios tocaram o hino nacional do país antes do início das partidas. No resto do mundo, torcidas levaram bandeiras da França e cartazes com mensagens de apoio e solidariedade ao país. Os ataques terroristas deixaram ao menos 130 mortos e mais 350 feridos na capital francesa.

Pela 14a rodada do Campeonato francês, a partida Gazélec Ajaccio contra o Bastia começou com a Marselhesa. Como raramente acontece na Córsega, uma região que contesta seus laços com a França, o hino nacional não foi vaiado. E a partida teve gol de um brasileiro: Brandão abriu o placar para o Bastia que bateu o Gazélec Ajaccio por 2 a 1.

Também pelo campeonato francês, o duelo entre Olympique de Marseille (OM) e o Saint-Etienne (2 x 0) prestou uma emocionante homenagem. Os jogadores entraram em campo com uma faixa com a mensagem "Nous sommes Paris" (Nós somos Paris) e foram muito aplaudidos pela torcida. Dois atletas do OM, Lassana Diarra e Georges-Kevin Nkoudou, perderam uma prima e uma amiga, respectivamente, nos ataques à capital francesa. Já o Saint-Etienne jogou com camisas exibindo uma grande imagem que virou o símbolo da resistência ao terrorismo, um desenho da Torre Eiffel dentro de um círculo, lembrando o símbolo "paz e amor".

Muita emoção na partida do Paris Saint Germain contra o Lorient, ontem. De acordo com a imprensa esportiva francesa, os jogadores do PSG atuaram visivelmente abalados com as violências registradas na capital francesa. A tensão no estádio foi reforçada com a forte proteção policial. Já os jogadores do Lorient, a exemplo do Saint-Etienne, usaram uma camisa exibindo o símbolo da resistência ao terrorismo. Mesmo fora de casa, o PSG bateu o Lorient por 2 a 1.

No clássico Real Madrid contra Barcelona, ontem, os jogadores e os torcedores respeitaram um minuto de silêncio. Logo depois, a Marselhesa também foi tocada e uma imensa bandeira da França foi estendida na arquibancada. O Barcelona arrasou o Real por 4 a zero, gols de Neymar, Iniesta e Suárez, que marcou duas vezes.

La vie en rose

No campeonato nacional de futebol do México, no jogo de ontem entre Tigres e Cruz Azul, foi a canção La Vie en Rose, de Edith Piaf que foi tocada, em homenagem às vítimas dos atentados em Paris. Os torcedores também levaram bandeiras da França e cartazes com mensagens de apoio ao país.

E teve até time trocando de camisa em solidariedade à Paris. É o caso dos escoceses do Hamilton Academical, que, vestindo a camisa da Seleção Francesa de Futebol, enfrentaram ontem o Aberdeen, pela primeira divisão do campeonato de futebol da Escócia. A partida terminou empatada em 1 a 1.

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome