França quer vencer em casa e Portugal sonha com título

0
28
  • Tweeter

França

Eurocopa

Portugal

França quer vencer em casa e Portugal sonha com título

Por

RFI

mediaA seleção francesa durante treinamento em Clairefontaine
(Foto: Reuters)

A seleção francesa tentará conquistar neste domingo (10) sua terceira Eurocopa na final contra Portugal, que busca o título inédito e aposta suas fichas no futebol de Cristiano Ronaldo. A tarefa será árdua, já que a França espera não decepcionar a torcida em casa. O jogo começa às 21h no Stade de France, em Saint Denis, na região parisiense.

Para o craque Cristiano Ronaldo, o jogo se anuncia difícil, mas ele entra em campo para vencer. "Sempre sonhei em conquistar um título com a seleção portuguesa e espero que nosso momento tenha chegado. Estamos a um passo. Sonhar não custa nada", diz o jogador, que há 12 anos amargou o vice-campeonato em casa, ao perder por 1 a 0 a decisão de 2004 para a Grécia, no estádio de Luz de Lisboa. Na época o time era comandado pelo brasileiro Luiz Felipe Scolari.

Em 1984, a França conquistou sua primeira Euro graças ao talento de Michel Platini. Em 1998, a geração de Zinedine Zidane levou os 'Bleus' ao topo do mundo, antes de faturar o bi europeu dois anos depois, na Holanda. Em entrevista coletiva nest'e sábado (9), o técnico da França, Didier Deschamps, declarou que não se sente “nem pressionado, nem estressado”, mas com “adrenalina”.

De acordo com Deschmaps, a França não mudará seu estilo de jogo por conta da final. Mesmo assim, o Deschamps prefere encarar o confronto com cautela, ciente de que Cristiano Ronaldo e companhia farão tudo para que a França sinta na pele o que eles sofreram contra a Grécia, em 2004. "Não é porque estamos em casa e ganhamos da Alemanha que temos mais chances de ganhar que Portugal. Acreditamos em nós mesmos e tenho certeza que os portugueses também. A final está em aberto", resumiu o ex-capitão dos 'Bleus', que pode se tornar o primeiro a levantar o troféu como jogador titular e treinador.

Já o técnico da seleção portuguesa, Fernando Santos, declarou ontem que, mesmo se os donos da casa são favoritos, Portugal “precisa ganhar”. Portugal tentará quebrar um tabu, já que nunca derrotou a França em jogos oficiais. Foram três vitórias francesas, nas Euros de 1984 (3-2) e 2000 (1-0, com gol de ouro na prorrogação) e na Copa do Mundo de 2006 (1-0), todas em semifinais, em todas em jogos muito disputados. Além da 'freguesia', Cristiano Ronaldo e companhia precisam vencer a fama de 'patinho feio' do torneio. Antes das semifinais, a equipe não ganhou um jogo sequer nos 90 minutos.

Griezmann x Cristiano Ronaldo

Neste ano, a bola da vez é o atacante Antoine Griezmann, artilheiro isolado da competição, com seis gols em seis jogos, dois deles na semifinal contra a campeã mundial Alemanha (2-0). Se fizer mais três na decisão, ele pode se comparar a Platini, que deu à França seu primeiro grande título internacional em casa ao balançar as redes nove vezes na Euro-1984, e é até hoje o maior artilheiro da história da competição.

O ex-camisa 10 divide a marca com Cristiano Ronaldo, que precisou de quatro edições para alcançá-lo. Foram três na edição atual: dois contra a Hungria, no empate em 3 a 3 que salvou Portugal da eliminação na primeira fase, e outro na semifinal, quando decolou para abrir o placar de cabeça contra o País de Gales (2-0).

Há quem considere a decisão deste domingo como um tira-teima para a atribuição da Bola de Ouro, mas dificilmente o troféu escapará do português, que já foi premiado três vezes (2008, 2013 e 2014). Nem Didier Deschamps, técnico da seleção francesa, acha isso possível: "Antoine ainda é muito novo (25 anos), embora tenha feito uma grande temporada. Cristiano já está no auge já sete ou oito anos. A Bola de Ouro é um duelo entre ele e Messi", analisou.

"Tudo que quero é comemorar o título na final. Enquanto isso, prefiro manter os pés no chão", minimizou 'Grizi'. As duas seleções entrarão em campo com força máxima e os comandados de Fernando Santos vão ganhar um 'reforço' de peso, o brasileiro naturalizado português Pepe, que está recuperado da lesão muscular que o tirou da semifinal.

(Com informações da AFP)

  • Tweeter

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome