França prendeu mais de 320 pessoas desde início da Eurocopa

0
54
  • Tweeter

França

Eurocopa

Violência

Prisão

França prendeu mais de 320 pessoas desde início da Eurocopa

Por

RFI

mediaA polícia francesa interveio depois dos confrontos entre ingleses e russos, em Marselha, no último sábado (11).
REUTERS/Jean-Paul Pelissier

O Ministério do Interior da França anunciou nesta quinta-feira (16) que as forças de segurança do país prenderam 323 pessoas por violência, roubos ou depredação desde o início da Eurocopa, no dia 10 de junho. Entre os detidos, 43 serão expulsos da França.

"Entre as pessoas detidas, 196 ficaram retidas para verificação de antecedentes e oito foram condenadas a penas de prisão efetiva. Outras três receberam penas de prisão com suspensão condicional", afirma o ministério em um comunicado, sem revelar mais detalhes.

A Justiça francesa também anunciou, nesta manhã, que três torcedores russos e um francês serão julgados imediatamente pelas brigas ocorridas em Marselha, antes do jogo entre Rússia e Inglaterra, no último sábado (11), que terminou com 35 feridos e vários detidos. No total, a França expulsará 20 torcedores russos, entre eles, o líder ultranacionalista Alexandre Chpryguine.

Com idades entre 25 e 40 anos, os torcedores russos estão em centros de retenção em Marselha e Nice. Eles serão reenviados à Rússia na próxima segunda-feira (20), por avião. De acordo com a prefeitura de Marselha, eles não serão julgados na França.

Polícia teme novos combates entre hooligans

A partida entre Inglaterra e País de Gales, na tarde desta quinta-feira (16) em Lens, no norte da França, traz preocupação para a polícia, que teme novos combates entre hooligans. Ontem, 36 pessoas foram presas e 16 hospitalizadas em Lille, após confrontos entre torcedores ingleses e a polícia. Um vídeo em que os torcedores britânicos atiram moedas a crianças ciganas não ajudou a melhorar a imagem depois dos violentos confrontos em Marselha.

Nesta manhã, o enviado da RFI a Lens informou que a festa dos britânicos começou perto das 9h, regada a muita cerveja e animada com cantos típicos da torcida do país. "Não temos frio. Em casa, temos o mesmo tempo", diz James, um torcedor britânico de 28 anos, que passeava só de bermuda pelas ruas da cidade, apesar dos 14°C.

"Não vemos a hora que julho chegue", diz a gerente de um hotel da região de Lens, que conta os dias para o final da Eurocopa. Na noite de quarta-feira, a polícia foi obrigada a intervir em alguns estabelecimentos que abrigam os torcedores para "acalmar os espíritos muito excitados", afirma a gerente. As autoridades locais também restringiram a venda de álcool para evitar novas confusões.

Outras partidas previstas para hoje são Ucrânia e Irlanda do Norte, em Lyon, e Polônia contra Alemanha, em Paris.

  • Tweeter

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome