Federer evita três match points, vira o jogo e avança em Wimbledon

0
66
  • Tweeter

Roger Federer

Wimbledon

Federer evita três match points, vira o jogo e avança em Wimbledon

Por

RFI

mediaRoger Federer avança para a semifinal de Wimbledon
REUTERS/Paul Childs

O tenista Roger Federer, 34 anos, salvou três 'match points' e se recuperou da desvantagem de dois sets para derrotar o croata Marin Cilic e avançar às semifinais de Wimbledon, nesta quarta-feira (6). O suíço já venceu o torneio inglês sete vezes.

Federer, número 3 do mundo, precisou de 3 horas e 17 minutos para virar a partida e vencer em cinco sets, parciais de 6-7 (4/7), 4-6, 6-3, 7-6 (11/9) e 6-3. O suíço também teve de enfrentar os saques poderosos (23 aces) de Cilic e winners precisos (59) na primeira metade do jogo.

Mas o heptacampeão do gramado inglês se concentrou e ajustou seu jogo, acertando 27 aces e 67 winners para fechar a partida contra um esgotado croata.

"Foi incrível, o sonho continua", comemorou o suíço após a vitória. "Eu consegui manter um alto nível: minhas pernas respondiam, minhas costas respondiam. Mentalmente, esta vitória me dará um impulso fenomenal".

Berdych vence Pouille, revelação francesa do torneio

O adversário de Federer por uma vaga na final em Wimbledon será o canadense Milos Raonic, número 7 do mundo, que se classificou mais cedo ao derrotar o americano Sam Querrey (41º) em quatro sets, 6-4, 7-5, 5-7 6-4. Treinado pelo ex-campeão John McEnroe, Raonic, de 1,96 m, tem como vantagem o forte saque e a precisão nos voleios..

Em outra disputa do dia, o tcheco Tomas Berdych, número 9 do mundo, superou com facilidade a maior revelação do torneio, o francês Lucas Pouille (30º), de 22 anos, por 7-6 (7/4), 6-3 e 6-2. Vice-campeão do torneio em 2010, Berdych terá pela frente na semifinal o vencedor do duelo entre o escocês Andy Murray, número 2 do mundo, e o francês Jo-Wilfried Tsonga (número 12).

  • Tweeter

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome