Defensores do aborto ganham apoio da Suprema Corte nos EUA

0
34
  • Tweeter

Estados Unidos

Aborto

Hillary Clinton

Donald Trump

Defensores do aborto ganham apoio da Suprema Corte nos EUA

Por

RFI

mediaMilitantes favoráveis ao aborto comemoram decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos.
REUTERS/Kevin Lamarque

A Suprema Corte de Justiça dos Estados Unidos tomou nesta segunda-feira (27) uma importante decisão que confirma seu apoio à prática do aborto. A medida é anunciada após um crescente número de Estados norte-americanos terem adotado leis para restringir a interrupção voluntária da gravidez.

A confirmação da posição da Suprema Corte se manifestou por meio de uma decisão tomada pelo mais alto tribunal do país sobre uma lei do Estado do Texas, que data de 2013. O texto obrigava as clínicas que praticam aborto a dispor de uma unidade cirúrgica digna de um hospital, além de impor uma série de obstáculos técnicos alegando a prevenção contra riscos sanitários.

Mas para os defensores do direito ao aborto, a lei era apenas um pretexto e o verdadeiro objetivo seria dificultar o acesso à prática. De fato, essas normas eram tão rígidas que obrigaram que fossem fechadas, em dois anos, dezenas de clinicas no Texas.

Hillary Clinton defende direito ao aborto

A decisão sobre o veto da lei, tomada por cinco juízes contra três, é emblemática para os movimentos defensores do direito ao aborto, um assunto politicamente delicado em um ano eleitoral nos Estados Unidos. Para a candidata democrata Hillary Clinton, a medida representa “uma vitória para as mulheres do Texas e de toda a América. O aborto com segurança deve ser um direito não apenas no papel, mas também na vida real”, comentou.

O tema ainda divide o país e deve fazer parte do debate eleitoral nos próximos meses. O candidato republicano Donald Trump disse recentemente que as mulheres que praticam o aborto deveriam sofrer “algum tipo de punição”. O bilionário voltou atrás logo após a declaração.

Em novembro passado, um opositor ao aborto abateu três pessoas em um centro de planejamento familiar no Colorado.

  • Tweeter

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome