Acordo de paz entre governo colombiano e Farc quase pronto

0
45
  • Tweeter

Farc

Colômbia

Paz

Acordo de paz entre governo colombiano e Farc quase pronto

Por

RFI

mediaCombatentes das Farc patrulham montanhas na região de Cauca, Colômbia, em fevereiro de 2013.
LUIS ROBAYO / AFP

O governo da Colômbia e a guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) têm quase concluído um acordo definitivo de paz, que será oficializado nesta quinta-feira (23), em uma cerimônia em Havana, capital cubana, informaram os comandantes rebeldes.

"O acordo está quase concluído, só falta um pontinho. Devemos fazer o anúncio amanhã", declarou à AFP o comandante Pastor Alape, um dos negociadores da guerrilha. "Na quinta, 23 de junho, anunciaremos o último dia da guerra", indicou seu companheiro Carlos Antonio Lozada, no Twitter.

Uma vez que se faça o anúncio oficial, ficam pendentes outros pontos da agenda das negociações de paz iniciadas em novembro de 2012, em Havana. Um comunicado conjunto a respeito deve ser anunciado ainda nesta quarta-feira.

Presidente pede empenho para acordo definitivo

Nos últimos dias, os dois lados aceleraram as negociações e o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, exigiu que os negociadores façam “um esforço” para se chegar a um cessar-fogo definitivo com as guerrilhas das Farc, “um passo fundamental” para se chegar à paz, ele declarou.

Santos estima que os diálogos de paz possam estar finalizados até 20 de julho, festa nacional na Colômbia.

Para a desmobilização das Farc, os negociadores discutem a criação de zonas de concentração com cerca de sete mil rebeldes, cujo desarme será realizado sob supervisão da ONU.

Conflito de 50 anos deixou mais de 260 mil mortos

Desde julho de 2015, as Farc, principal guerrilha colombiana, vêm mantendo um cessar-fogo unilateral. Por sua vez, o governo suspendeu os bombardeios aéreos contra o grupo.

Em setembro do ano passado, Santos e o comandante Timoleón Jiménez (conhecido como “Timochenko”), chefe supremo das Farc, se comprometeram em Havana a chegar a um acordo de paz definitivo. A data fixada, 23 de março de 2016, não foi cumprida e um novo prazo não foi estabelecido.

O conflito colombiano durou mais de 50 anos e deixou um saldo de cerca de 260 mil mortos, 45 mil desaparecidos e 6,9 milhões de deslocados.

  • Tweeter

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome