Acesso às frentes de batalha: última barreira às militares mulheres

0
46

O primeiro-ministro conservador britânico, David Cameron, anunciou no domingo (20) sua intenção de autorizar soldados mulheres a combater nas frentes de batalha a partir do ano que vem. Todos os postos das Forças Armadas serão, portanto, abertos às mulheres em 2016. Atualmente, elas representam cerca de 10% das tropas. “Isso significa uma evolução profunda em todos os países. Não há mais bastião reservado apenas aos homens”, explica à RFI Jean-Dominique Merchet, especialista francês em Defesa.

Fonte: Rádio França Internacional

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome