Representante de Fiji será próximo presidente da Assembleia Geral

0
61

Ouvir /

Secretário-geral da ONU saudou Peter Thomson e disse contar com ajuda dele para implementar Agenda 2030 e Acordo de Paris; Thomson obteve 4 votos a mais que seu concorrente do Chipre.

Peter Thomson. Foto: ONU/Manuel Elias

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas elegeram nesta segunda-feira o novo presidente da Assembleia Geral. Peter Thomson, de Fiji, será o presidente da 71ª sessão da Assembleia Geral, que terá início em setembro.

Na disputa contra o representante de Chipre, Andreas Mavroyiannis, Thomson recebeu 94 votos contra 90 do adversário. Dos 192 países que votaram, foram registrados sete votos nulos e uma abstenção. Para ser eleito, são necessários 93 votos.

Perspectiva

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, saudou a eleição do embaixador fijiano Thomson. Ele disse que o diplomata traz além do forte compromisso com o desenvolvimento, a perspectiva valiosa de um pequeno Estado-ilha em desenvolvimento.

Agenda 2030

Ban afirmou que conta com a ajuda do novo presidente da Assembleia Geral para a implementação da Agenda 2030 de desenvolvimento sustentável e do Acordo de Paris sobre mudança climática.

O chefe da ONU disse que Thomson tem anos de experiência nos setores público e privado, com importante atuação na presidência do Grupo dos 77 mais a China.

Ban lembrou ainda que o embaixador fijiano adquiriu vasta experiência do sistema das Nações Unidas como chefe da diretoria executiva de várias agências da ONU, como o Programa para o Desenvolvimento, Pnud, e o Fundo de População, Unfpa.

Além disso, ele atuou como vice-presidente da própria Assembleia Geral entre 2010 e 2011.

Thomson vai substituir o atual chefe da Assembleia Geral, Mogens Lykketoft, em setembro próximo.

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome