Relatório cita intensificação dos abusos e do caos na Líbia

0
69

Ouvir /

Novo documento do Escritório dos Direitos Humanos fala em possíveis crimes de guerra; todos os lados em conflito seriam responsáveis pelos atos.

Menina em Trípoli, na Líbia. Foto: ONU/Iason Athanasiadis

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas afirmaram esta quinta-feira que as violações generealizadas de direitos humanos na Líbia podem ser consideradas crimes de guerra.

Um relatório que acaba de ser lançado cita também a "piora dramática" da situação dos líbios.

Recomendações

O Escritório de Direitos Humanos da ONU apresentou o relatório, que traz detalhes sobre abusos no país prejudicado pelos confrontos.

Recentemente, a revolução na Líbia que levou à queda do regime de Muammar Khadafi completou cinco anos.

Os especialistas da ONU destacam que todos os lados em conflito são responsáveis pela situação. O relatório recomenda que o Tribunal Penal Internacional, TPI, tenha mais recursos para investigar e julgar os responsáveis por atrocidades cometidas no país do norte da África.

Leia Mais:

ONU alerta sobre severidade da crise humanitária na Líbia

Cinco anos após revolução, ONU saúda líbios por sacrifícios em prol da paz

Enviado da ONU para Líbia destaca formação de governo de unidade

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome