População da Palestina vai dobrar nos próximos 30 anos

0
20

21/12/2016

População da Palestina vai dobrar nos próximos 30 anos

Ouvir /

Levantamento do Unfpa revela que região passará dos atuais 4,7 milhões de habitantes para 9,5 milhões de moradores até 2050; setores socioeconômicos precisarão lidar com este crescimento populacional.

Foto: Reprodução relatório Unfpa

Leda Letra, da ONU News em Nova York.

A população da Palestina vai dobrar de tamanho até 2050, passando dos atuais 4,7 milhões de habitantes para 9,5 milhões. Este é o principal dado de um relatório divulgado pelo Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa.

O grande número de jovens e de mulheres em idade reprodutiva levará ao aumento da população nos territórios palestinos. Em Gaza, que tem uma alta taxa de fertilidade, serão 4,8 milhões de residentes daqui a 30 anos, sendo que atualmente são 1,8 milhão.

Impactos

Em entrevista à ONU News, o representante do Unfpa na Palestina, Anders Thomsen, explicou que o crescimento demográfico será "dramático" e vai impactar os setores socioeconômicos.

Thomsen falou sobre a necessidade de se garantir a criação de empregos, especialmente para os jovens, além de fornecer à população acesso a serviços de educação e de saúde. Outra preocupação é criar um ambiente propício ao crescimento econômico, para que a população tenha mais oportunidades.

Empregos

O representante do Unfpa lembra dos bloqueios econômicos impostos a Gaza e destaca que com a falta de empregos e de "esperança", será um desafio lidar com o crescimento populacional nas próximas décadas.

Para atender à mudança demográfica, serão necessários 76 mil novos postos de trabalho por ano até 2050. Atualmente, a taxa de desemprego é considerada muito alta na região, de 26%, sendo que entre os jovens chega a quase 41%.

O relatório também traz dados sobre os refugiados, que formam 67% dos habitantes da Faixa de Gaza e 25% dos que vivem na Cisjordânia. A expectativa é que o total de refugiados registrados na Palestina passe de 2 milhões para 4,5 milhões em 2050.

Notícias Relacionadas:

Ban: israelenses e palestinos devem reconstruir confiança

Solução de dois Estados “está mais ameaçada do que nunca”

Para relator, Israel nega a palestinos o direito ao desenvolvimento

Compartilhe

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome