PMA fornecerá assistência com alimentos à Ucrânia até o fim do ano

0
34

Ouvir /

Agência renovou prazo da operação de emergência no leste do país para levar comida a mais de 280 mil pessoas afetadas pelo conflito na região.

O Programa Mundial de Alimentos conseguiu retomar a entrega de ajuda humanitária em Donestsk. Foto: PMA/Abeer Etefa

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

Uma escalada no conflito no leste da Ucrânia levou o Programa Mundial de Alimentos a prorrogar as operações de emergência no país.

Segundo o PMA, os combates causaram mais deslocamentos internos e também destruíram serviços de infraestrutura. A situação também está levando a um aumento nos índices de pobreza e carência da população.

Ambos os lados estão sendo afetados por impactos fortes dos direitos econômicos e sociais.

Dezenas de milhares de ucranianos não têm mais recursos para comprar os itens básicos de alimentação. Muitos perderam o emprego. As distribuições de comida estão sendo feitas nas áreas de Donestsk e Luhansk, na maior parte dos casos de regiões que deixaram de ser controladas pelo governo.

O conflito, qeu já dura dois anos, no leste da Ucrânia lançou 1,1 milhão de pessoas numa situação de insegurança alimentar incluindo mais de 280 mil que precisam de ajuda imediata. O PMA perdiu quase US$ 30 milhões para continuar atendendo às vítimas.

*Apresentação: Edgard Júnior.

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome