ONU renova mandado da missão no Sudão do Sul por mais um ano

0
42

16/12/2016

ONU renova mandado da missão no Sudão do Sul por mais um ano

Ouvir /

Resolução prevê que operação de paz atue para prevenir violência sexual ; Unmiss deve apurar incidentes de discurso de ódio e incitamento à violência no mais novo país do mundo.

Soldados da Unmiss em Juba. Foto: ONU/JC McIlwaine

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança aprovou por unanimidade a renovação do mandato da Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul, Unmiss, até dezembro de 2017.

A resolução adotada esta sexta-feira define um limite de 17 mil militares, que incluem 4 mil homens da Força de Proteção Regional. O contingente policial da operação terá 2.101 membros.

Acordos de Paz

O mandato da missão prevê proteger civis, monitorar e investigar abusos de direitos humanos, além de criar condições propícias à prestação de assistência humanitária e apoiar a implementação do acordo de paz assinado em agosto de 2015.

O Conselho confirma a autorização de envio da Força Regional de Proteção para facilitar a circulação em Juba, proteger o aeroporto da cidade e outras infraestruturas essenciais. A proteção deve estender-se ao pessoal da ONU, das agências humanitárias e aos civis.

Genocídio

Pela primeira vez, a operação de paz tem explicitamente no seu mandato a tarefa de travar e prevenir a violência sexual de acordo com as suas capacidades nas áreas de atuação.

A outra novidade no texto é a tarefa de investigar e informar ao órgão sobre incidentes que envolvem o discurso de ódio e o incitamento à violência, em cooperação com o conselheiro especial da ONU para a Prevenção do Genocídio.

Leia Mais:

Grupos armados recrutaram 1,3 mil crianças este ano no Sudão do Sul

Compartilhe

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome