ONU disposta a apoiar o Bangladesh após ataque que matou 20 civis

0
40

Secretário-geral declara-se disposto a dar auxílio contra extremismo violento; mensagem apela a mais esforços para prevenir e combater o terrorismo; agências de notícias informaram que ataque a café foi reivindicado pelo grupo Isil.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Mark Garten

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas revelaram estar preparadas para apoiar nos esforços para prevenir o extremismo violento em todas as suas formas no Bangladesh, após o ataque terrorista que resultou em pelo menos 20 civis mortos na capital, Daca.

Em nota, o secretário-geral Ban Ki-moon condenou o ato e expressou profundo pesar e condolências às autoridades e às famílias das vítimas.

Mortos

O chefe da ONU desejou rápida recuperação aos feridos, cerca de 30, segundo agências de notícias.

Este sábado, um café muito frequentado da cidade foi tomado pelas forças de segurança do país, cerca de 12 horas após um ataque de elementos do grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil. Seis atacantes foram mortos na operação em que foram libertadas 13 vítimas.

Justiça

O secretário-geral disse esperar que os que estão por trás do crime sejam identificados e levados à justiça.

Ban reiterou o pleno apoio das Nações Unidas ao Bangladesh num momento em que o país enfrenta a ameaça. A mensagem destaca a necessidade de intensificar os esforços regionais e internacionais para prevenir e combater o terrorismo.

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome