ONU aprova presença de forças de paz africanas por mais 10 meses na Somália

0
41

Ouvir /

Conselho destaca que é preciso reduzir ameaça de grupos armados como o Al Shabaab; relatório do secretário-geral destaca avanços no controlo de áreas do país que foram recuperadas do grupo.

Conselho de Segurança da ONU. Foto: ONU/Loey Felipe

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança autorizou esta quinta-feira a extensão do mandato da Missão da União Africana na Somália, Amisom, até o fim de maio de 2017.

A resolução 2289 destaca o apoio do órgão ao objetivo de reduzir a ameaça de grupos armados como o Al Shabaab, no país do Corno de África.

Paz e Reconciliação

O Conselho apela à missão de paz que facilite o processo político em todos os níveis e permita os esforços de estabilização, de consolidação da paz e de reconciliação fornecendo maior segurança ao povo somali.

A decisão segue-se ao relatório do secretário-geral da ONU apresentado em junho, que destaca ter havido progressos no país.

Controlo

Ban revela que houve avanços na edução da capacidade de o Al Shabaab lançar ataques e na melhoria das capacidades das forças de sustentar o controlo das áreas recuperadas do grupo.

O Conselho considera que a derrota do Al Shabaab pode ajudar a reduzir gradualmente o papel da Amisom na Somália e "uma transição na supervisão e na resposta rápida", como parte do apoio às forças de segurança somalis.

Leia e Oiça:

ONU pede mais fundos e solidariedade para ajuda humanitária

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome