Jurista portuguesa e embaixador brasileiro eleitos para comissão da ONU

0
42

04/11/2016

Jurista portuguesa e embaixador brasileiro eleitos para comissão da ONU

Ouvir /

Patrícia Galvão Teles e Gilberto Saboia vão integrar Comissão de Direito Internacional para um mandato de cinco anos a partir de 1º de janeiro; foram eleitos mais 32 candidatos de todos os continentes.

Assembleia Geral da ONU. Foto: ONU/Cia Pak (arquivo)

Monica Grayley, da Rádio ONU.

A partir de 1º de janeiro de 2017, a Comissão de Direito Internacional das Nações Unidas contará com dois integrantes de língua portuguesa.

Na quinta-feira, a Assembleia Geral escolheu, em votação secreta, o embaixador do Brasil Gilberto Saboia e a jurista de Portugal Patrícia Galvão Teles para a Comissão com mandatos de cinco anos, cada, além de mais 32 candidatos.

Novo mandato

Segundo a ONU, o objetivo da Comissão é ajudar no desenvolvimento progressivo do direito internacional e codificação.

Além dos dois candidatos lusófonos, foram escolhidos para o novo mandato de cinco anos juristas de mais 32 países, incluindo Alemanha, Argélia, Catar, Chile, Espanha, Japão e México, entre outros.

O Estatuto da Comissão de Direito Internacional foi adotado pela Assembleia Geral em 1947.

A Comissão tem 34 membros de todos os continentes.

Os candidatos são profissionais especializados em direito internacional e devem ser nomeados pelos governos de seus países, mas não pode haver mais de um aspirante eleito originário da mesma nação.

Compartilhe

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome