Enviado da ONU fala de processo de paz no Oriente Médio

0
50

Ouvir /

Coordenador especial da ONU para Processo de Paz na região falou ao Conselho de Segurança nesta quinta-feira; Nickolay Mladenov descreveu como a recente violência está afetando israelenses e palestinos.

Coordenador especial da ONU para Processo de Paz no Oriente Médio, Nickolay Mladenov. Foto: ONU/Loey Felipe

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O coordenador especial da ONU para Processo de Paz no Oriente Médio, Nickolay Mladenov, falou ao Conselho de Segurança nesta quinta-feira e descreveu a recente violência que está afetando israelenses e palestinos.

A informação é do porta-voz do secretário-geral das Nações Unidas, Stephane Dujarric. Ele informou que Mladenov citou o caso de uma menina, de 13 anos, esfaqueada por um palestino, enquanto dormia, na Cisjordânia.

Incidentes

Ele também lembrou a morte de quatro israelenses num ataque em Tel Aviv em 8 de junho e o assassinato de um adolescente palestino por um agente da Força de Segurança de Israel.

Segundo o porta-voz, Mladenov disse que os dois primeiros incidentes eram "claramente atos de terror" e o terceiro foi referido como um "erro" que "interrompeu uma vida inocente".

O coordenador especial condenou todas as "trágicas perdas de vidas".

Obstáculos

Dujarric disse ainda que, de acordo com Mladenov, o Quarteto, grupo formado pela ONU, pela União Europeia, pelos Estados Unidos e pela Rússia, destacou três tendências que podem "prejudicar as perspectivas de paz".

As questões seriam "violência continua, terrorismo e incitamento; expansão de assentamentos e políticas relacionadas na Cisjordânia; e a situação em Gaza e falta de controle do local pela Autoridade Palestina".

Relatório

O coordenador especial agradeceu a israelenses e palestinos por seu "envolvimento construtivo" enquanto o Quarteto produzia um relatório que se concentrará nas maiores ameaças à realização de uma paz negociada.

Mladenov afirmou que o objetivo do relatório não é atribuir culpas, mas traçar um caminho a seguir, com recomendações feitas por ambos os lados.

Leia e Ouça:

Ban diz em Israel que “violência nunca será a solução” para Oriente Médio

ONU condena ataques em Israel

Solução de dois Estados muito longe para palestinos e israelenses

Nações Unidas condenam ataques na Cisjordânia

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome