Califado do Isil no Iraque “está desmoronando”

0
54

09/11/2016

Califado do Isil no Iraque "está desmoronando"

Ouvir /

Afirmação é do representante especial do secretário-geral da ONU no Iraque; Jan Kubis falou ao Conselho de Segurança sobre operações militares para retomar cidade de Mossul; ele ressaltou que pela primeira vez, forças federais iraquianas e forças curdas peshmerga estão lutando lado a lado".

Isil queima poços de petróleo perto de Mosul. Foto: IOM/Jennifer Sparks

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O representante especial do secretário-geral da ONU para o Iraque, Jan Kubis, informou nesta quarta-feira o Conselho de Segurança sobre o "constante progresso" das forças iraquianas em sua "histórica batalha para libertar Mossul".

A segunda maior cidade iraquiana está sob controle do grupo terrorista Daesh, também conhecido como Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil, desde 2014.

Histórico

O encontro foi tema da entrevista diária do porta-voz do secretário-geral da ONU, Stephane Dujarric, com jornalistas internacionais na sede da ONU, em Nova York.

Segundo Dujarric, o representante especial do chefe da ONU mencionou que "pela primeira vez na história, forças federais iraquianas e as forças curdas peshmerga estão lutando lado a lado".

O porta-voz destacou ainda que, segundo Jan Kubis, "o califado do Daesh no Iraque está desmoronando diante dos olhos" de todos.

Justiça e igualdade

No entanto, recapturar território e poder não seria suficiente. O representante afirmou que líderes de todas as comunidades e grupos devem resolver desavenças do passado e encontrar uma forma de viverem juntos após o Daesh, num ambiente de "justiça e igualdade para todos".

Para Kubis, é fundamental que haja proteção de civis, prevenção de ataques de vingança e prestação de contas para combatentes do Daesh capturados e seus simpatizantes de maneira justa e com o devido respeito às normas internacionais de direitos humanos.

Ele fez um apelo às autoridades iraquianas que continuem as operações de libertação da cidade neste espírito, garantindo pleno respeito a princípios como precaução e justiça para as vítimas, entre outros.

Leia e Ouça:

Unicef: 9,7 mil crianças desalojadas desde início da operação em Mossul

Isil tenta levar 25 mil civis de Mossul | Rádio das Nações Unidas

Alto comissário da ONU denuncia centenas de assassinatos do Isil em Mossul

Compartilhe

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome