Alto comissário de direitos humanos deve visitar Angola ainda este ano

0
32

Ouvir /

Zeid Al Hussein deve se reunir com representantes do governo e da sociedade civil; segundo coordenador residente, relator para os direitos à habitação também viajará a Luanda.

Alto comissário da ONU para os Direitos Humanos, Zeid Al Hussein. Foto: ONU/Jean-Marc Ferré

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Altos funcionários dos direitos humanos das Nações Unidas preparam caminho para ir a Angola. O coordenador residente das Nações Unidas no país disse à Rádio ONU que a organização contribui para melhorar o acesso ao tipo de princípios.

Em declarações feitas em Menongue, a capital da província de Cuando Cubango, Paolo Ballodelli lembrou que há pouco mais de um mês o país recebeu um relator que avaliou a situação de refugiados.

Governo e Sociedade

"Agora vai chegar mais um relator independente dos direitos humanos para o tema da habitação e, finalmente, antes do final do ano vai chegar ao país o alto comissário para os direitos humanos para poder analisar com o governo e a sociedade civil qual é a melhor maneira para que as Nações Unidas possam cooperar no âmbito dos direitos humanos."

O representante disse que Angola cria "muitas melhores condições para que os direitos humanos possam ser parte viva do processo das instituições e para que exista um acesso real aos direitos fundamentais".

Boas Práticas

Angola e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, têm um acordo que envolve procuradores angolanos que colaboram para boas práticas com países de África, Europa e América.

Dentro do país, um projeto com o provedor de justiça deve ajudar o acesso da população à justiça em várias províncias angolanas "criando condições para trabalhar no tema".

*Apresentação: Denise Costa.

Fonte: Rádio ONU

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome