PMA pede ajuda para a “crise esquecida” da República Centro-Africana

0
14

PMA pede ajuda para a "crise esquecida" da República Centro-Africana

Ouvir /

Fundos para ajudar civis estão cada vez mais reduzidos; metade da população do país necessita de assistência humanitária; mais de 2 milhões de pessoas estão famintas.

Crianças na República Centro-Africana. Foto: ONU/Catianne Tijerina

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

Apesar das enormes necessidades, o Programa Mundial de Alimentação, PMA, avalia que a crise na República Centro-Africana é uma das mais esquecidas do mundo.

Segundo a agência da ONU, o financiamento para as ações no país está cada vez mais reduzido. Metade da população necessita de assistência humanitária e mais de 2 milhões de civis estão famintos.

Sem dinheiro

Até o momento, o PMA recebeu apenas 7% do dinheiro que pediu para suas operações na República Centro-Africana este ano.

Sem fundos suficientes, a agência viu-se obrigada a cortar pela metade as porções de comida que são distribuídas às famílias mais vulneráveis. Para muitos civis, esta é sua única fonte de alimentação.

O PMA precisa de imediato de US$ 12,5 milhões até outubro para poder satisfazer as necessidades mais urgentes dos que mais precisam de ajuda no país.

Notícias relacionadas:

Chefes de agências humanitárias apelam por grande aumento na ajuda à RCA

25 milhões de crianças estão fora da escola em países em conflito

Atacada equipa que investiga assassinato na República Centro-Africana

Fonte: Rádio ONU

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here