ONU debate direitos das pessoas com deficiência, em Genebra

0
9

ONU debate direitos das pessoas com deficiência, em Genebra

Ouvir /

Vice-alta comissária para Direitos Humanos afirmou que comissão das Nações Unidas sobre o assunto apoia os esforços mundiais em defesa e promoção desses direitos; Kate Gilmore criticou participação de apenas uma mulher no grupo.

Foto: Banco Mundial/Masaru Goto

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

A vice-alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Kate Gilmore, afirmou que a Comissão das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência apoia os esforços mundiais em defesa e promoção dessas questões.

Gilmore fez a declaração esta segunda-feira, na abertura da 17ª sessão da comissão que vai até 12 de abril. Os integrantes do grupo vão discutir a situação em vários países, entre eles Bósnia-Herzegóvina, Canadá, Honduras, Irã e Jordânia.

Liderança

Para a alta comissária, "a liderança exercida pela comissão é fundamental", assim como sua energia e coragem para avaliar o assunto.

Gilmore criticou a falta de participação feminina no grupo, que conta apenas com uma mulher. A representante da ONU disse que é "fundamentalmente inadequado" o fato de somente uma mulher ter sido eleita pelos Estados-membros para integrar a Comissão sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Ela pediu aos governos que "retifiquem essa situação inaceitável" na próxima eleição para os integrantes do grupo.

Gilmore afirmou que "a recente expansão das partes da Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, que chegou a 172 países, significa que o mundo está indo muito bem no caminho à uma ratificação universal".

Segundo a ONU, dos 18 tratados internacionais de direitos humanos, Portugal ratificou 17, e Brasil e Cabo Verde 15 cada um.

Seguindo ainda a lista de países de língua portuguesa estão Moçambique com 13, Guiné-Bissau com 12, Timor-Leste com 11, Angola 10 e São Tomé e Príncipe, com nove tratados ratificados.

Fonte: Rádio ONU

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here